Foto: André Roma

O festival ZêzereArts, que está a marcar presença na região desde o dia 19 de julho, levando espetáculos únicos de música erudita a locais históricos e emblemáticos – como aconteceu a 20 de julho, na Igreja de Nossa Senhora da Graça, em Tomar – vai continuar a fazê-lo até ao final do mês.

É combinando a pedagogia com a cooperação entre músicos internacionais e a apresentação de performances de alta qualidade ao público, que o ZêzereArts cumpre mais uma edição, este ano a 12ª , oferecendo (literalmente) concertos em Tomar, Batalha, Ferreira do Zêzere e Ourém.

GALERIA

Neste sentido, é ainda possível desfrutar-se de dois espetáculos no Cineteatro Paraíso, em Tomar, nomeadamente os concertos “Violoncelo no Coro”, a 27 de julho, e um recital de cordas, no dia seguinte.

Já no dia 29, o Castelo de Ourém recebe o Ensemble de Violoncelos e um Sexteto com os professores do ZêzereArts.

O Concerto de Gala com a Orquestra do ZêzereArts vai realizar-se no dia 30 de julho, às 21h, na Igreja Matriz de Areias, no concelho de Ferreira do Zêzere, estando o concerto final marcado para o dia seguinte, às 19h, no Claustro D. João III, no Convento de Cristo, em Tomar.

A programação completa da edição deste ano pode ser consultada AQUI.

Criado em 2011 pelo maestro irlandês Brian MacKay, em Ferreira do Zêzere, o festival, desde o início focado na formação de estudantes de música, jovens músicos e amadores, foi alargando a sua área de intervenção, chegando este ano pela primeira vez ao concelho de Ourém.

Todos os espetáculos e apresentações são de entrada gratuita e resultam “da forte aposta na formação de músicos com professores altamente qualificados nacionais e internacionais”, salienta a organização.

Rafael Ascensão

Licenciado em Ciências da Comunicação e mestre em Jornalismo. Natural de Praia do Ribatejo, Vila Nova da Barquinha, mas com raízes e ligações beirãs, adora a escrita e o jornalismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.