Câmara da Barquinha comparticipa pagamento de faturas da água a famílias carenciadas. Foto: DR

Tendo em conta as novas tarifas da Tejo Ambiente, que acarretaram um aumento na ordem dos 23% nas faturas para os munícipes, a Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha vai subsidiar as famílias carenciadas com comparticipações nas faturas da água num montante total de perto de 20 mil euros.

A autarquia barquinhense vai assim ajudar a pagar as faturas da água de pessoas beneficiárias do complemento solidário para idosos, do RSI (Rendimento Social de Inserção), do subsídio de desemprego, de abono de família, de pensão social de invalidez ou de pensão social de velhice.

Fernando Freire (PS), presidente da Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha, explicou que foi pedida uma relação destas pessoas beneficiárias – algo “meramente indicativo”, tendo em conta que estas situações são “mutáveis” todos os meses, pelo que é necessária uma “apreciação objetiva de prova” por parte dos serviços municipais.

“Ou seja, vamos subsidiar a água destas famílias carenciadas, nomeadamente [beneficiárias] dos apoios sociais. Vai sair do nosso orçamento”, disse o autarca.

A vereadora Paula Silva (PSD) mostrou-se favorável a este apoio às famílias carenciadas mas mostrou-se contra o aumento da tarifa, lembrando que o PSD já havia tomado posição sobre o tema em sessões de Assembleia Municipal.

“Estamos aqui a discutir a tarifa social e a retroatividade de maneira a não prejudicar as famílias, com efeitos a 1 de agosto de 2022, que foi quando entrou o tarifário, para que esses valores sejam devolvidos e não haja prejuízos para as pessoas”, concluiu Fernando Freire, adiantando que neste momento está também a ser analisada a situação das Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS), sendo que o município ainda não tem dados em concreto, pelo que ainda necessita de fazer esse levantamento.

Notícia Relacionada

Rafael Ascensão

Licenciado em Ciências da Comunicação e mestre em Jornalismo. Natural de Praia do Ribatejo, Vila Nova da Barquinha, mas com raízes e ligações beirãs, adora a escrita e o jornalismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.