Executivo Camarário de Vila Nova da Barquinha. Foto de arquivo (outubro 2020): mediotejo.net

A Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha aprovou a atribuição de subsídios às associações com sede no município para o presente ano 2021. Num montante que ascende a 31 mil euros, na reunião do executivo camarário de 14 de abril foram aprovados apoios a 17 associações e coletividades do concelho.

São mais de 31 mil euros em subsídios anuais mas neste valor ainda não estão incluídas todas as associações e coletividades habitualmente apoiadas, isto porque nem todas conseguiram ainda fechar o anual plano de atividades e respetivo orçamento, devido aos constrangimentos da pandemia de Covid-19, conforme esclareceu o presidente da Câmara Municipal da Barquinha, Fernando Freire.

Na prática, explana o autarca, “na maior parte das associações mantêm-se mais ou menos os valores” do ano transato. A vereadora com o pelouro do associativismo, Marina Honório, acrescenta que “há algum reforço e há também alguma quebra nalguns, porque tem a ver com atividades que a Câmara comparticipava e que, devido à pandemia, as associações não podem fazer”.

Com o pagamento a ser realizado em tranches, como consta no regulamento para atribuição de subsídios aos organismos associativos do município, em reunião de Câmara Municipal a 14 de abril foi aprovada por unanimidade a atribuição de apoios anuais a 17 associações e coletividades, nomeadamente: Clube de Instrução e Recreios Ex-Tuna (4800€), Grupo Cicloturismo Barquinhense (2500€), Clube Náutico Barquinhense (1000€), CECUDE (450€), União Desportiva Atalaiense (7200€), Associação Clube de Pesca Desportiva de Tancos (250€), Associação Grupo Coral de Tancos (2000€), Associação Mar e Saudade (2500€), Associação Cultural Paio de Pele (500€), Associação Cultural Barquinha Saudosa, Associação Cultural e Recreativa do Cardal (3000€), Associação Viver entre Amigos (500€), Clube União de Recreios Moita do Norte (3000€), Grupo Folclórico “Os Pescadores de Tancos” (2000€), Pára-Clube Nacional “Os Boinas Verdes” (800€), Centro Cultural e Desportivo Limeirense (1000€), Vespa Clube de Vila Nova da Barquinha (250€).

De referir que, além da atribuição destes subsídios anuais, a Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha aprovou a proposta de Regulamento Municipal de Concessão de Benefícios Fiscais às Associações Recreativas, Desportivas, Humanitárias, Culturais, Instituições de Solidariedade Social, ou outras de interesse para o Município de Vila Nova da Barquinha.

Ana Rita Cristóvão

Abrantina com uma costela maçaense, rumou a Lisboa para se formar em Jornalismo. Foi aí que descobriu a rádio e a magia de contar histórias ao ouvido. Acredita que com mais compreensão, abraços e chocolate o mundo seria um lugar mais feliz.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.