Sinagoga de Tomar. Foto arquivo: mediotejo.net

Depois de já ter sido aprovado em reunião camarária a requalificação do espaço exterior e contíguo à Sinagoga de Tomar, num projeto de execução estimado em 238.426,02€ (+IVA) de investimento, o município divulgou agora que pretende colocar um espaço de jardim para lazer e reflexão, o qual “funcionará como uma extensão natural da Sinagoga”.

Referindo que este é um projeto que pretende complementar a visita à mais antiga Sinagoga de Portugal e ao recente Núcleo Interpretativo e Museu Luso-Hebraico Abraão Zacuto, a autarquia tomarense adianta que o espaço ajardinado funcionará “com ênfase na continuidade conceptual e espacial, estabelecendo uma ligação de percursos com o monumento e conferindo-lhe maior unidade”.

Sinagoga de Tomar. Foto: mediotejo.net

“Independentemente do carácter religioso e cultural, uma vez que a Sinagoga e respetiva zona de proteção é um Monumento Nacional de Portugal, projeta-se manter um espaço aberto e amplo, em relvado para utilização pública, compatível com a sua dimensão e características, podendo funcionar como ‘palco’ de diferentes eventos e programação, cuja dinamização estará a cargo do município”, refere-se ainda em informação municipal.

Foto: CM Tomar

Rafael Ascensão

Licenciado em Ciências da Comunicação e mestre em Jornalismo. Natural de Praia do Ribatejo, Vila Nova da Barquinha, mas com raízes e ligações beirãs, adora a escrita e o jornalismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *