O município da Sertã vai acolher três famílias de refugiados sírios, num total de 12 pessoas, no âmbito de uma parceria com a Cáritas.

José Farinha Nunes, presidente da Câmara Municipal da Sertã, informou durante a última reunião do Executivo camarário que o município, no âmbito de um projeto com a Cáritas Portuguesa, “se propôs a receber três famílias de refugiados sírios que aguardamos a qualquer momento”.

“Estamos a trabalhar em parceria com a Cáritas, propusemo-nos receber três famílias de refugiados, num total de cerca de 12 pessoas: uma família vai para uma escola primária cujo edifício está a ser recuperado pela autarquia; outra para a casa de uma família na freguesia de Várzea dos Cavaleiros e outra no Cabeçudo para casa de uma família que disponibilizou instalações”, explicou José Farinha Nunes ao mediotejo.net.

A questão surgiu durante a última reunião de Câmara da Sertã durante o período de intervenção do público quando o munícipe Fernando Pereira questionou a autarquia sobre se iria receber imigrantes.

José Farinha Nunes salientou que esperam a chegada dos refugiados sírios “a qualquer momento”.

Margarida Serôdio

Entrou no mundo do jornalismo há cerca de 13 anos pelo gosto de informar o público sobre o que acontece e dar a conhecer histórias e projetos interessantes. Acredita numa sociedade informada e com valores. Tem 35 anos, já plantou uma árvore e tem três filhos. Só lhe falta escrever um livro.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *