Ricardo Pereira e Laura Catarino, nadadores do CCD da Sertã que representaram o clube pela primeira vez no campeonato nacional (Foto: CMSertã)

Com um total de 600 nadadores, decorreu em Vila Nova de Famalicão, de 15 a 17 de julho, o Campeonato Nacional de Infantis, prova de natação que teve o concelho da Sertã representado pela primeira vez através dos seus atletas Laura Catarino e Ricardo Pereira, este último tendo alcançado o terceiro melhor tempo infantil B.

Ricardo Pereira fez o terceiro melhor tempo infantil B dos campeonatos com 1:17,04, marca que também é a terceira melhor nacional da época  do seu escalão e novo recorde de clube absoluto. Esta marca é ainda recorde da ANIC – Associação de Natação do Interior Centro (Swimranking), superando o tempo de 2014 de Gonçalo Caldeira do Campomaiorense (1:18,27). O Ricardo foi ainda 16.º nos 200 costas com 2:47,11, refere a nota de imprensa da autarquia da Sertã.

Laura Catarino fez o 13º melhor tempo infantil A nos 100 Costas com 1:18.67. A detentora dos recordes da ANIC infantil A de 50, 100 e 200 costas (Swimranking) fez ainda um novo recorde pessoal aos 200 livres com 2:29.20.

A natação regional esteve bem representada nestes campeonatos, com um total de 12 nadadores da ANIC em representação de cinco clubes: CCD Sertã, Albicastrense, Guarda, Elvense e Fundão. Destaque para a Maria Alexandra Marques de Castelo Branco e para o Marco António Costas da Guarda, os únicos que foram a todas as quatro provas pontuáveis e que estiveram na discussão dos 10 primeiros lugares do ranking dos Campeonatos até à última prova. A Alexandra registou o melhor tempo dos Campeonatos infantil B nos 200 mariposa com 2:40,84, um dos melhores tempos nacionais de sempre infantil B (Swimranking).

Destaque ainda nesta prova para o recorde nacional 100 costas infantil B masculino do Gonçalo Wanzeller do Belenenses com 1.05,61.

Margarida Serôdio

Entrou no mundo do jornalismo há cerca de 13 anos pelo gosto de informar o público sobre o que acontece e dar a conhecer histórias e projetos interessantes. Acredita numa sociedade informada e com valores. Tem 35 anos, já plantou uma árvore e tem três filhos. Só lhe falta escrever um livro.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.