Foto: DR

O Dia Mundial da Dança comemora-se este domingo, dia 29, e é assinalado com diversas iniciativas pela região ao longo do fim-de-semana. O programa cultural associado à data começou antes em diversos concelhos, mas concentra-se nos dias 28 e 29 e os dançarinos já estão preparados para atuar em diversos palcos de Alcanena, Ourém, Tomar e Torres Novas.

As primeiras iniciativas de sábado realizam-se em Tomar e têm o cunho da Sociedade Filarmónica Gualdim Pais. A primeira está marcada para as 10h30 no Pavilhão D. Nuno Álvares Pereira, onde as crianças entre os 6 e os 10 anos de idade podem divertir-se com o hip-hop durante a sessão dos “Sábados à Grande”. Pelas 16h00, a Escola Vocacional de Dança desta associação atua na Praça da República.

O Cine-Teatro São Pedro, em Alcanena, recebe o espetáculo “BLACKBOX’18” da Escola O Corpo da Dança. Foto: DR

Ruma-se então a Alcanena para assistir ao espetáculo “Ismael e Chopin”, que junta música e dança a partir das 17h00 no Conservatório de Música Jaime Chavinha, do CAORG (o espetáculo repete no domingo). As comemorações de sábado terminam com o espetáculo “BLACKBOX’18”, dirigido por Raquel Senhorinho e interpretado por alunos da Escola O Corpo da Dança, a partir das 21h30 no Cine-Teatro São Pedro.

No Dia Mundial da Dança, domingo, é mais difícil acompanhar as iniciativas pois têm horários intercalados. De manhã, a partir das 10h00, o Museu Municipal – Casa do Administrador, em Ourém, recebe as “Danças Europeias no Museu” que já habituaram os participantes regulares a aprender novas danças tradicionais.

O programa encerra no Cineteatro Municipal de Ourém. Foto: DR

A dança chega a Torres Novas e faz paragem, pelas 15h00, na Praça 5 de Outubro, onde atuam os alunos de Dança Contemporânea da Escola O Corpo da Dança, dirigidos por Marta Tomé. Segue para o castelo da cidade e acompanha os alunos das atividades de enriquecimento curricular da Sebentaprendiz, dirigidos pelos professores de Dança e Expressão Corporal.

O programa associado ao Dia Mundial da Dança encerra às 17h00, hora em que as escolas da Cisnes e Poetas – Associação de Dança, AMBO – Academia de Música e Banda de Ourém, Casa do Povo de Fátima e Grupo Desportivo Sandoeirense se juntam no palco do Cineteatro Municipal de Ourém.

Sónia Leitão

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.