Os HMB atuam este ano em Riachos, na festa da Benção do Gado. Foto: DR

Aquele que pode ser considerado como o “pontapé de saída” da Festa da Bênção do Gado foi dado no dia 1 de maio, com a a apresentação pública desta festividade que vai decorrer de 22 de julho a 1 de agosto, em Riachos, concelho de Torres Novas, e que vai contar com a presença de artistas como HMB, David Carreira e Teresa Tapadas, entre muitos outros.

Rosinha, Moco, Maninho, Sociedade Velha Filarmónica Riachense, Vozes d’Art & Nar e o Rancho Folclórico “Os Camponeses” de Riachos, foram os restantes conjuntos dados como confirmados para a festividade no dia da apresentação da tradicional festa, o qual contou igualmente com a representação de vivências alusivas ao início do século XX, missa e um almoço convívio.

“Os verdadeiros torrejanos sabem a importância de Riachos”, disse Pedro Ferreira (PS), presidente da Câmara Municipal, na sessão, demonstrando o apoio do município a esta iniciativa.

“A Festa da Bênção do Gado, ao nível em que estamos hoje, só é possível com a colaboração da Câmara, o nosso município”, afirmou um elemento da organização da festividade, acrescentando também que “Riachos é Torres Novas e Torres Novas e Riachos, e vamos pensar assim no futuro, que nós vamos todos em conjunto crescer, e de hoje a amanhã vocês convençam-se, vai ser uma festa conhecida a nível nacional”.

A organização referiu ainda que as entradas permanentes já estão à venda, a um preço mais acessível, no estabelecimento Casas da Sofia, no café Pacheco, e no cabeleireiro Valadas, sendo que vão em breve estar disponíveis em mais sítios, os quais vão ser divulgados oportunamente.

As candidaturas aos espaços comerciais e de restauração também já se encontram abertas – até às 17h00 de 15 de junho – pelo que os interessados podem solicitar o regulamento e formulário através do email info@bencaodogado.pt.

Organizada de quatro em quatro anos, a Bênção do Gado chegou a estar agendada para 2020 tendo sido adiada devido aos constrangimentos da pandemia. Entretanto figurou entre os finalistas do programa 7 Maravilhas da Cultura Popular, não tendo chegado a alcançar o pódio vencedor.

Rafael Ascensão

Licenciado em Ciências da Comunicação e mestre em Jornalismo. Natural de Praia do Ribatejo, Vila Nova da Barquinha, mas com raízes e ligações beirãs, adora a escrita e o jornalismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.