Foto: DR

De modo a assinalar o Dia Nacional da Obesidade, a APCOI (Associação Portuguesa Contra a Obesidade Infantil), em parceria com a Câmara Municipal de Alcanena, lançou no concelho a app Heróis da Fruta, um jogo gratuito de realidade aumentada com o objetivo de desafiar as famílias a sair do sofá e assim contribuir para a prevenção da obesidade infantil.

Depois de Constância e Torres Novas, o jogo chega agora assim também ao concelho Alcanenense. Inspirado na homónima série de animação, este jogo para telemóvel consiste numa caça ao tesouro, que incentiva as famílias a caminhar com o telemóvel na mão à procura dos cerca de 500 baús que estão distribuídos pelo país, nos municípios parceiros.

Cada um destes baús contém uma saqueta com cartas (revelada após ser apontada a câmara do telemóvel), pelo que são centenas as cartas com dicas de alimentação saudável a descobrir e a colecionar.

Foto: DR

Os jogadores têm ainda missões para completar e pontos para juntar, os quais depois se podem transformar em prémios. Aqueles que ficarem entre os 100 primeiros lugares ganham bilhetes para o cinema, mas existem outros prémios como vouchers para parques temáticos, zoológicos e aquários. Para o jogador que conseguir alcançar o primeiro lugar fica reservada a visita dos personagens Heróis da Fruta à sua escola.

A aplicação Heróis da Fruta – desenvolvida em parceria com os estúdios ONTOP, com financiamento da Novo Nordisk Portugal e com o apoio internacional da Associação Europeia para o Estudo da Obesidade (EASO) e da Coligação Europeia de Pacientes com Obesidade (ECPO) – está disponível tanto para dispositivos móveis iOS como Android.

Fundada em 2010, a Associação Portuguesa Contra a Obesidade Infantil (APCOI) é uma associação sem fins lucrativos, preocupada “em prevenir a Obesidade Infantil, uma doença que afeta uma em cada três crianças e que aumenta o risco de desenvolver outras patologias como diabetes, hipertensão ou cancro”.

Rafael Ascensão

Licenciado em Ciências da Comunicação e mestre em Jornalismo. Natural de Praia do Ribatejo, Vila Nova da Barquinha, mas com raízes e ligações beirãs, adora a escrita e o jornalismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.