Foto: DR

A APCOI (Associação Portuguesa Contra a Obesidade Infantil) lançou no dia 4 de março a aplicação Heróis da Fruta, um jogo gratuito de realidade aumentada com o objetivo de desafiar as famílias a sair do sofá e assim contribuir para a prevenção da obesidade infantil. Constância e Torres Novas são os dois municípios da região parceiros desta iniciativa.

Inspirado na homónima série de animação, este jogo para telemóvel consiste numa caça ao tesouro, que incentiva as famílias a caminhar com o telemóvel na mão à procura dos cerca de 500 baús que estão distribuídos pelo país, nos municípios parceiros. Cada um destes baús contém uma saqueta com cartas (revelada após ser apontada a câmara do telemóvel), pelo que são centenas as cartas com dicas de alimentação saudável a descobrir e a colecionar. Pelo que o nosso jornal conseguiu apurar, há 18 baús à espera de serem descobertos no concelho de Constância, enquanto o de Torres Novas esconde sete.

Foto: DR

Os jogadores têm ainda missões para completar e pontos para juntar, os quais depois se podem transformar em prémios. Aqueles que ficarem entre os 100 primeiros lugares ganham bilhetes para o cinema, mas existem outros prémios como vouchers para parques temáticos, zoológicos e aquários. Para o jogador que conseguir alcançar o primeiro lugar fica reservada a visita dos personagens Heróis da Fruta à sua escola.

Para auxiliar na descoberta dos preciosos baús, existe um mapa com as suas localizações, o qual está disponível aqui. Já a aplicação Heróis da Fruta – desenvolvida em parceria com os estúdios ONTOP, com financiamento da Novo Nordisk Portugal e com o apoio internacional da Associação Europeia para o Estudo da Obesidade (EASO) e da Coligação
Europeia de Pacientes com Obesidade (ECPO) – já está disponível tanto para dispositivos móveis iOS como Android.

Mário Silva, presidente da APCOI, destaca que depois do sucesso da iniciativa “Heróis da Fruta” nas escolas e do lançamento da série infantil, “foi fundamental para a APCOI dar o salto e conseguir montar um projeto diferenciador e capaz de envolver ao mesmo tempo crianças e respetivas famílias numa maior consciencialização da sociedade para a obesidade infantil e, consequentemente, na adoção de hábitos de vida que contribuam para a prevenção desta doença, que afeta atualmente uma em cada três crianças”.

Foto: DR

No total são 48 os municípios portugueses que se juntam a esta iniciativa, nomeadamente: Alcácer do Sal, Alcochete, Alenquer, Alfândega da Fé, Aljustrel, Almada, Almeirim, Almodôvar, Alpiarça, Alvaiázere, Amarante, Braga, Caldas da Rainha, Câmara de Lobos, Castanheira de Pêra, Celorico de Basto, Constância, Coruche, Covilhã, Espinho, Fafe, Fornos de Algodres, Lagoa (Açores), Lagoa (Algarve), Lagos, Lajes do Pico, Marco de Canaveses, Mealhada, Mértola, Montemor-o-Novo, Oleiros, Pampilhosa da Serra, Penalva do Castelo, Peniche, Pombal, Porto de Mós, Praia da Vitória, Santa Marta de Penaguião, Santiago Cacém, São Brás de Alportel, São João da Madeira, Sever do Vouga, Torres Novas, Vagos, Valongo, Vila Nova de Gaia, Vila Pouca de Aguiar e Vouzela.

Fundada em 2010, a Associação Portuguesa Contra a Obesidade Infantil (APCOI) é uma associação sem fins lucrativos, preocupada “em prevenir a Obesidade Infantil, uma doença que afeta uma em cada três crianças e que aumenta o risco de desenvolver outras patologias como diabetes, hipertensão ou cancro”.

Rafael Ascensão

Licenciado em Ciências da Comunicação e mestre em Jornalismo. Natural de Praia do Ribatejo, Vila Nova da Barquinha, mas com raízes e ligações beirãs, adora a escrita e o jornalismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.