Ouriense arranca época 2022-23 em casa frente ao Sporting. Foto arquivo: mediotejo.net

O Clube Atlético Ouriense vai receber o Sporting CP na 1ª jornada da Liga BPI, ditou o sorteio realizado na Cidade do Futebol. O embate do clube de Ourém com o 2º classificado no campeonato 2021-22, e vencedor da Taça de Portugal, está agendado para o dia 10 de setembro, um sábado, em jogo que abre o campeonato e que vai contar com transmissão direta na Sport TV.

O sorteio da Liga BPI 2022/2023 realizou-se no auditório 1 da Cidade do Futebol. Desta forma, as 12 formações participantes ficaram a conhecer o calendário para toda a temporada, numa época que vai ter muitos jogos com transmissão televisiva (ver AQUI). O Ouriense começa em casa com o Sporting e de seguida joga fora, com o Sporting de Braga, atual detentor da Taça da Liga, num desafio que também terá honras televisivas, mas no Canal 11, às 15h00 de 18 de setembro (domingo).

A 3.ª jornada da Liga BPI também já tem data, hora e transmissão definida. As oureenses jogam em casa do Amora FC no dia 2 de outubro (um domingo), com transmissão no Youtube do Canal 11.

O Ouriense joga ainda na primeira volta em casa, a 4 de dezembro, com o Benfica, atual campeão nacional, e fecha a primeira metade do campeonato com uma deslocação ao Funchal, a 15 de janeiro, dia em que defrontará o Marítimo.

Ainda antes do arranque da Liga BPI, o Atlético Ouriense defronta o Torrense na 1ª fase da Taça da Liga, numa eliminatória a duas mãos. O primeiro jogo está agendado para dia 28 de agosto, em Torres Vedras, e a segunda mão para dia 4 de setembro, no Campo da Caridade, em Ourém, segundo o sorteio (AQUI).

Marco Ramos vai continuar a orientar o Atlético Ouriense, numa época em que o objetivo é claro e passa pela permanência na primeira divisão nacional. Num campeonato a 12 equipas, disputado a duas voltas e cada vez mais competitivo, apenas o último classificado tem descida direta à 2ª divisão nacional.    

Marco Ramos, treinador do Ouriense. Foto: mediotejo.net

Benfica inicia liga feminina frente ao Marítimo, dérbi com Sporting à sexta ronda

O Benfica, bicampeão em título, inicia a edição 2022/23 da Liga feminina de futebol frente ao Marítimo, e o dérbi com o Sporting será na sexta jornada, ditou o sorteio realizado na Cidade do Futebol, em Oeiras. A ronda inaugural está agendada para 11 de setembro, com as ‘encarnadas’ a receberem as madeirenses, enquanto as ‘leoas’ se estreiam no reduto do Ouriense.

Só na sexta jornada irá ocorrer o dérbi lisboeta entre Sporting e Benfica, previsto para 05 de novembro, em casa das ‘leoas’, precisamente uma jornada antes de as ‘águias’ serem as anfitriãs do Sporting de Braga.

Em 2021/22, o Benfica foi campeão e o Sporting ficou em segundo lugar da Liga, conquistando também a Taça de Portugal, enquanto o Sporting de Braga arrecadou a Taça da Liga.

Depois de se ter sagrado campeão na última temporada, o Benfica somou o seu segundo título, igualando o número de troféus do Sporting, num palmarés liderado pelo 1.º Dezembro, com 12 cetros, mais um do que o Boavista.

O Ouriense recebe o Sporting na 1ª jornada da Liga BPI. Foto arquivo: Pedro Pereira/mediotejo.net

Eis o resultado do sorteio:

1. SL Benfica

2. Sporting CP

3. FC Famalicão

4. SC Braga

5. SF Damaiense

6. CA Ouriense

7. CS Marítimo

8. Valadares Gaia FC

9. Clube de Albergaria

10. SCU Torreense

11. Lank Vilaverdense

12. Amora FC

Matriz completa:

1.ª jornada (11.09.2022): 3-5; 1-7; 10-9; 8-11; 6-2; 12-4

2.ª jornada (18.09.2022): 5-12; 7-3; 9-1; 11-10; 2-8; 4-6

3.ª jornada (02.10.2022): 5-7; 3-9; 1-11; 10-2; 8-4; 12-6

4.ª jornada (16.10.2022): 1-3:; 10-5; 8-7; 6-9; 4-11; 12-2

5.ª jornada (30.10.2022): 3-12; 5-1; 7-10; 9-8; 11-6; 12-4

6.ª jornada (05.11.2022): 7-12; 9-5; 11-3; 2-1; 4-10; 6-8

7.ª jornada (27.11.2022): 7-9; 5-11; 3-2; 1-4; 10-6; 12-8

8.ª jornada (04.12.2022): 9-12; 11-7; 2-5; 4-3; 6-1; 8-10

9.ª jornada (11.12.2022): 9-11; 7-2; 5-4; 3-6; 1-8; 12-10

10.ª jornada (08.01.2023): 12-11; 2-9; 4-7; 6-5; 8-3; 10-1

11.ª jornada (15.01.2023): 11-2; 9-4; 7-6; 5-8; 3-10; 1-12

Notícia relacionada:

Sporting defronta Famalicão e Benfica o Sporting de Braga na Supertaça feminina

O Sporting, detentor do troféu, defronta o Famalicão, e o Benfica, campeão nacional em título, encontra o Sporting de Braga nas meias-finais da Supertaça de futebol feminino, segundo o sorteio realizado a 11 de julho.

Na primeira edição com quatro participantes, depois de seis apenas entre o vencedor do campeonato e da Taça de Portugal, as ‘leoas’ e as ‘águias’ vão jogar em casa, em encontros agendados para 10 de agosto, uma quarta-feira.

Os vencedores destes embates encontram-se depois em campo neutro, no Estádio Municipal de Leiria, em 26 de agosto, pelas 20:30, para determinar o vencedor. No mesmo dia e no mesmo palco, pelas 11:00, realiza-se o jogo de atribuição do terceiro lugar.

O sorteio, realizado na Cidade do Futebol, em Oeiras, tinha a condicionante de não poder juntar nas meias-finais o Benfica e o Sporting, na qualidade de vencedores da Liga e da Taça de Portugal, respetivamente.

A sétima edição da Supertaça foi alargada a quatro clubes, os dois primeiros do campeonato e os vencedores da Taça de Portugal e da Taça da Liga, sendo que, no caso de as equipas serem as mesmas, recorria-se à classificação do campeonato.

Em 2021/22, o Benfica foi campeão e o Sporting ficou em segundo lugar da Liga, conquistando também a Taça de Portugal, enquanto o Sporting de Braga arrecadou a Taça da Liga. Por seu lado, o Famalicão foi quarto no campeonato, atrás das ‘arsenalistas’.

Programa da Supertaça:

– Quarta-feira, 10 ago:

Meias-finais

Benfica – Sporting de Braga

Sporting – Famalicão

– Sexta-feira, 26 ago:

Terceiro e quarto lugares

Vencido Sporting/Famalicão – Vencido Benfica/Sporting de Braga, 11:00, em Leiria

Final

Vencedor Sporting/Famalicão – Vencedor Benfica/Sporting de Braga, 20:30, em Leiria.

c/LUSA

Mário Rui Fonseca

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.