Da esquerda para a direita: André Pereira, Laura Azevedo, Inês Graça, Vereador com o pelouro da Educação (Hugo Cristóvão), Vereadora com o pelouro da Juventude (Filipa Fernandes), David Ferreira e Maria Ferreira.

Depois de as Associações de Estudantes das escolas de Tomar de Santa Maria do Olival e Escola Jácome Ratton terem apresentado no dia 22 de julho o documento reivindicativo “Manifesto do Estudante: por uma escola mais democrática”, os estudantes conseguiram já alcançar um dos objetivos: um lugar para os alunos no Conselho Pedagógico do Agrupamento de Escolas Templários, já a partir do próximo ano.

Depois daquilo que consideram ter sido uma iniciativa de sucesso, os alunos reuniram com várias entidades com poderes decisórios, nomeadamente Hugo Cristóvão (vereador da Câmara Municipal de Tomar com o pelouro da Educação), Filipa Fernandes (vereadora com o pelouro da Juventude), Paulo Bacelar Macedo (diretor do Agrupamento de Escolas Templários) e Hugo Costa, (presidente da Assembleia Municipal de Tomar).

“A intervenção da união sem precedentes das duas associações de estudantes veio dar voz ao sentimento de responsabilidade dos alunos no que diz respeito à sua participação cívica e ao seu futuro”, lê-se em informação enviada ao nosso jornal, que adianta que através desta intervenção os jovens conseguiram alcançar uma das metas propostas, a da integração dos alunos no Conselho Pedagógico do agrupamento já a partir do próximo ano.

As associações de estudantes, “claramente satisfeitas com este ato da direção do agrupamento”, reafirmam que “querem ir mais longe e que continuarão a usar a sua voz para defender as outras reinvidicações apresentadas no documento apresentado, como a melhoria do apoio à saúde mental dos jovens, a contratação de mais funcionários para as escolas e melhorias das condições técnicas das mesmas.

Notícia Relacionada

Rafael Ascensão

Licenciado em Ciências da Comunicação e mestre em Jornalismo. Natural de Praia do Ribatejo, Vila Nova da Barquinha, mas com raízes e ligações beirãs, adora a escrita e o jornalismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.