Paraquedistas assinalam Dia da Unidade a 23 de maio, no polígono militar de Tancos, em Vila Nova da Barquinha. Foto: DR

Após dois anos de interregno, o Regimento de Paraquedistas vai assinalar no dia 23 de maio o Dia da Unidade e o seu 66º aniversário. A cerimónia oficial será presidida pela Ministra da Defesa Nacional e enquadra a habitual reunião de antigos militares na zona adjacente à escola de tropas paraquedistas, no polígono militar de Tancos, Vila Nova da Barquinha.

Do programa deste dia destaca-se habitualmente  a cerimónia militar, demonstração de formação militar e de capacidades e meios, saltos em paraquedas, “cães de guerra” (cinotécnica), a par da apresentação de um livro sobre o Regimento de Caçadores Paraquedistas, visitas a exposições e ao Museu, além do tradicional almoço convívio.

Dia da Unidade junta milhares de paraquedistas no dia 23 de maio no polígono militar de Tancos, Vila Nova da Barquinha. Foto arquivo: mediotejo.net

Milhares de militares vindos de todos o país, unidos pelas boinas verdes e pelo lema “que nunca por vencidos se conheçam”, juntam-se todos os anos para assinalar a data, conviver, relembrar histórias e rever amigos. A exceção foi nos últimos dois anos, com o evento a ser interrompido devido à pandemia.

A zona adjacente ao campo militar de Tancos começará, como habitualmente, a receber antigos militares na noite de domingo, 22 de maio, vindos de todo o país para assistir às comemorações protocolares e recordar os tempos que ali passaram juntos num convívio marcado pela descontração e a camaradagem.

Milhares de “boinas verdes” regressam todos os anos ao quartel do Regimento de Paraquedistas para comemorar o Dia da Unidade, evento que se assinala anualmente a 23 de maio.

As atividades oficiais começam com o içar da bandeira nacional, ao que se seguirá a homenagem aos mortos em combate e uma missa realizada na capela. Durante todo o dia, os camaradas de armas reúnem-se num ambiente único e demonstrativo da união e camaradagem desta força especial.

A organização solicita o preenchimento do formulário AQUI até dia 18 de maio aos interessados em almoçar no Regimento de Paraquedistas, por forma a assegurar a logística inerente ao almoço. O mesmo funcionará como uma pré-inscrição, contudo, no local haverá locais de venda de senhas de modo a formalizar a sua aquisição.

PROGRAMA para 23 MAIO 2022 – “DIA dos PARAQUEDISTAS”:

Polígono militar de Tancos 

Até às 09H25 – Chegada e receção dos convidados

10H00 – Guarda de Honra à Ministra da Defesa Nacional

10H30 – Inicio da Cerimónia Militar

12H20 – Visita ao Núcleo de Simulação Aeroterrestre (NUSA)

12H45 – Visita à Exposição ”Capacidades das Tropas Paraquedistas”

13H15 – Almoço de Confraternização

14H30 – Assinatura do Livro de Honra

15H00 – Apresentação do Livro sobre o “Regimento de Caçadores Paraquedistas”

15H30 – Demonstração cinotécnica

17H00 – Fim das Atividades.

Mário Rui Fonseca

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

Entre na conversa

9 Comentários

  1. Pára-quedistas de todo e país e alguns vindos do estrangeiro. Países onde residem. Eu da Suíça. Outros de França, Alemanha, Luxemburgo, Holanda etc .

    1. E’ com um grande prazer estar no dia da unidade.pois eu tambem faco 40 anos de incorporacao no dia 28.05.1982 sob o nib 056979.j

  2. Este dia ,é um dia valores , respeito, humildade .Valores,que ainda hoje estão presentes na nossa vida, Respeito, por todos os camaradas que pela instituição aqui passaram, e Humildade de voltar ,porque bom ou mau ,esta é e será sempre a casa que nos acolhe de portas abertas a todos os Páraquedista, casa Mãe

  3. Por afazeres profissionais não poderei estar presente. Um abraço de sã camaradagem para todos os que tiveram a subida honra de merecer a boina verde e em especial aos que comigo combateram no quarto pelotão da primeira companhia do BCP 21, entre 1970 e 1972. Ex alferes paraquedista Francisco Cruz dos Santos.

  4. Zé Mexicano saudações paraquedistas do céu camaradas BCP 21 IRMAOS DE MARTE, o meu filho e vosso camarada vai estar la.🙏🇵🇹🪂

  5. Estou a viajar de Inglaterra para Portugal com a maior Saudade da nossa casa Mãe espero que seja um reencontro inesquecivel passado 20 e tantos anos um até já

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.