O edifício em ruinas vai dar lugar ao Centro de Apoio à Atividade Empresarial e Ninho de Empresas. Foto: mediotejo.net

A construção do Centro de Apoio à Atividade Empresarial e Ninho de Empresas de Vila Nova da Barquinha “em princípio irá começar em setembro” deste ano, revelou o presidente da Câmara. Fernando Freire explicou que o processo está neste momento no Tribunal de Contas, instituição que, por duas vezes, pediu alguns esclarecimentos. “A semana passada seguiram os últimos esclarecimentos” e a expectativa é que as obras comecem em setembro.

O Centro de Apoio à Atividade Empresarial e Ninho de Empresas vai funcionar num edifício a construir no Largo José da Cruz, em frente à Loja do Cidadão, onde atualmente se encontra um imóvel em ruinas.

Projeto do Centro de Apoio à Atividade Empresarial e Ninho de Empresas de Vila Nova da Barquinha

Terá uma área bruta total de 674m2, e será constituído por 10 gabinetes, três espaços de coworking, uma sala de reuniões, uma sala de formação, uma zona de convívio/copa, uma sala de empreendedorismo e secretariado, uma sala de Gabinete de Inserção Profissional e uma loja de produtos endógenos, bem como espaço de lazer/convívio interno.

O objetivo do espaço é “incentivar pessoas singulares e coletivas a iniciar ou desenvolver áreas empresariais que possam trazer mais emprego e rendimento ao concelho”.

José Gaio

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.