Foto ilustrativa: Getty Images

O executivo municipal de Vila Nova da Barquinha aprovou, em reunião de Câmara, um reforço de apoio à Associação de Pais e Encarregados de Educação da Escola de Ciência Viva até ao final do presente ano, no sentido de ajudar a associação que continua a desenvolver atividades de apoio à família em tempos de pandemia.

Falando na necessidade de prevenir e minimizar a possibilidade de transmissão da Covid-19, o presidente do Município de Vila Nova da Barquinha, Fernando Freire, referiu em reunião do executivo municipal a necessidade de reforçar os recursos humanos e materiais no sentido de dar uma resposta adequada em situações como a gestão dos alunos do primeiro ciclo no dia a dia escolar, quer “no acesso ao refeitório quer nas suas atividades de tempos livres”.

Aludindo ao protocolo existente entre o Município e a Associação de Pais da Escola Ciência Viva, o autarca referiu o “papel relevante” da associação nesta área de promoção de atividades de apoio à família, tendo, nesse sentido, vindo a reunião de Câmara uma proposta de reforço de apoio. “No fundo, é um reforço de cabimento destas atividades”, elucidou Fernando Freire.

Este reforço de apoio, aprovado por unanimidade do executivo municipal, vigora até ao final do presente ano, num montante total de 3.250,00€.

Em declarações ao mediotejo.net, a vereadora com o pelouro da Educação da Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha, Marina Honório, refere que neste protocolo entre o Município e o Centro Escolar uma das componentes mais importantes tem que ver com o apoio à família. “É a Associação de Pais que implementa o apoio à família (…) e de facto, com todas estas contingências [devido à Covid-19] e com a necessidade de adaptar quer o pessoal quer os circuitos quer as medidas de higienização, também é preciso implementá-las no âmbito da componente de apoio à família”, diz.

A vereadora explica que este reforço de verba vai servir para o “cumprimento das orientações da DGEstE no estabelecimento, também aplicado na componente de apoio à família”.

Reunião de Câmara de Vila Nova da Barquinha, outubro 2020. Foto: mediotejo.net

O executivo municipal deliberou ainda favoravelmente o protocolo entre o Município e o Centro Integrado de Educação em Ciências /Associação CIEC. Um protocolo “já recorrente” que tem como objetivo a dinamização de atividades de enriquecimento curricular, contando também com o apoio da Universidade Aveiro, conforme explicou a vereadora Marina Honório.

Em reunião de Câmara foi também aprovado o protocolo de colaboração entre o Município e o Instituto Politécnico de Tomar, no âmbito da parceria com a Fundação EDP e que abrange o Centro de Estudo de Artes Contemporâneas. Um protocolo de continuidade que envolveu um montante de 10.000,00€ e através do qual docentes do IPT se deslocam ao território no sentido de “difundirem o gosto pelas artes”, através da promoção de ateliês.

Ana Rita Cristóvão

Abrantina com uma costela maçaense, rumou a Lisboa para se formar em Jornalismo. Foi aí que descobriu a rádio e a magia de contar histórias ao ouvido. Acredita que com mais compreensão, abraços e chocolate o mundo seria um lugar mais feliz.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.