Cascata da Ribeira da Atalaia. Foto: DR

Um jovem de 17 anos caiu num açude da Ribeira da Atalaia, no concelho de Vila Nova da Barquinha, nesta segunda feira, dia 22, tendo batido com a cabeça numa pedra e acabando por ficar debaixo de água longos minutos em situação de pré-afogamento que o deixou em estado muito grave.

O alerta para a ocorrência foi dada aos bombeiros às 18h42 e para o local deslocaram-se 16 operacionais de várias corporações, apoiados por sete viaturas.

O jovem estava acompanhado por alguns amigos que ficaram em estado de choque com a situação, minimizado com o apoio psicológico que receberam da equipa do INEM.

A equipa da SIV de Torres Novas e a VMER – Viatura Médica de Emergência e Reanimação do Médio Tejo também estiveram no local a fazer manobras de reanimação que se prolongaram por mais de uma hora.

Perto das 21 horas, a vítima, considerada em estado muito grave, estava a ser transportada para o hospital de Torres Novas numa ambulância dos bombeiros de VN Barquinha, com o apoio da equipa da VMER.

O Presidente da Junta da Atalaia foi apanhado de surpresa com a notícia dada pelo jornalista do mediotejo.net. Manuel Honório refere que há três açudes ao longo da ribeira da Atalaia, mas que estão praticamente ao abandono: um perto da quinta da Margarida, outro denominado do Moinho e ainda outro perto da ponte da Pedra.

São locais pouco conhecidos mas que, nesta fase de desconfinamento estão a ser redescobertos, graças sobretudo às redes sociais, explica o autarca.

José Gaio

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.