GNR deteve um homem de 40 anos por sete crimes de furto no concelho de Vila Nova da Barquinha. Foto ilustrativa: DR

O Comando Territorial de Santarém da Guarda Nacional Republicana (GNR) constituiu arguido um homem de 40 anos por sete crimes de furto no concelho de Vila Nova da Barquinha.

A deteção do indivíduo, através do Posto Territorial de Vila Nova da Barquinha, aconteceu no dia 21 de janeiro e ocorreu na sequência de diversas denúncias por furtos no interior de residências e anexos.

Em comunicado, a GNR dá conta de que os militares encetaram “várias diligências de investigação que culminaram na realização de uma busca domiciliária”, tendo na sequência da mesma sido possível recuperar uma máquina roçadora, uma aparafusadora, uma caixa de chaves de luneta de roquete, uma caixa de ferramenta metálica, três chaves de estrela, bem como uma chave de fendas, um canivete e ainda uma motosserra.

O suspeito, com antecedentes criminais pela prática do mesmo tipo de ilícitos, foi constituído arguido, e os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial do Entroncamento.

Material recuperado pela Guarda Nacional Republicana. Imagem: GNR

Ana Rita Cristóvão

Abrantina com uma costela maçaense, rumou a Lisboa para se formar em Jornalismo. Foi aí que descobriu a rádio e a magia de contar histórias ao ouvido. Acredita que com mais compreensão, abraços e chocolate o mundo seria um lugar mais feliz.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.