Unidade de Emergência de Proteção e Socorro da Guarda Nacional Republicana. Créditos: CMVR

O concelho de Vila de Rei foi o palco escolhido pela Unidade de Emergência de Proteção e Socorro (UEPS) da Guarda Nacional Republicana (GNR) para a realização de Cursos de Extinção de Incêndios Rurais, numa iniciativa que conta com o apoio do Município vilarregense.

Desta feita, entre os dias 23 de janeiro e 3 de março, serão realizados seis cursos de uma semana, com 20 militares por cada curso, num total de 120 militares da Unidade de Emergência de Proteção e Socorro (UEPS).

Este é um curso de qualificação que tem por finalidade garantir que os militares adquiram as competências técnico-operacionais que constituem a base para o desempenho da atividade de Combate a Incêndios Rurais, essenciais para o cumprimento das diversas missões de combate atribuídas à UEPS, visando a melhoria do seu desempenho, salvaguardando os comportamentos e a conduta de segurança a adotar perante os perigos decorrentes do combate a incêndios rurais.

Entre as atividades desenvolvidas encontram-se ações de fogo controlado (a realizar com as condições meteorológicas favoráveis).

Paula Mourato

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *