Festival Gastronómico do Achigã em Vila de Rei. Créditos: CMVR

O achigã voltou a ser o principal ingrediente da gastronomia vilarregense durante a realização do seu 15º Festival Gastronómico, organizado pelo Município de Vila de Rei entre os dias 22 e 30 de outubro.

Os cinco restaurantes aderentes ao Festival – Churrasqueira Central (Vila de Rei), Fifty-Fifty (Vila de Rei), O Cobra (Vila de Rei), Ribeira da Vila (Vila de Rei) e Tasco d’el Rei (Vila de Rei) – destacaram o já ‘tradicional aumento do número de clientes nesta altura do ano, que procuram preferencialmente os pratos do achigã’, reforçando assim “mais um sucesso deste evento”, assegura o Município em nota de imprensa.

O vice-presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei e responsável pelo pelouro do Turismo, Paulo César Luís, realça que “o Festival Gastronómico do Achigã tem vindo, ano após ano, a reforçar o seu nome e potencial como referência no panorama gastronómico da zona centro do País. O grande número de clientes que procuram os nossos restaurantes durante os dias do Festival permite-nos promover a rica gastronomia Vilarregense e, ao mesmo tempo, mostrar a enorme qualidade dos nossos estabelecimentos de restauração”.

Ao longo de dez dias de Festival, os aromas e sabores da gastronomia tradicional encheram os restaurantes e, com eles, “muitos clientes visitaram e comprovaram a qualidade e potencial dos restaurantes locais”, acrescenta a mesma nota.

Paula Mourato

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *