Médico Rui Teixeira que colocou um ponto final na sua greve de fome que durou dois dias (Foto: mediotejo.net)

O médico Rui Teixeira anunciou ao mediotejo.net ter abandonado hoje a greve de fome que mantinha há dez dias, em protesto contra a “impunidade” de uma empresa que terá ficado a dever milhares de euros a clínicos em 2014.

Na entrevista emocionada que hoje concedeu ao nosso jornal, e onde o clínico não conseguiu travar lágrimas de emoção pela onda de solidariedade que tem recebido, Rui Teixeira disse que os pedidos para parar com este protesto vieram de inúmeras pessoas, amigos e entidades, como o Conselho de Administração do CHMT, a Ordem dos Médicos e  a própria Presidência da Assembleia da República.

Uma entrevista para ler ainda hoje em mediotejo.net, num trabalho da jornalista Margarida Serôdio

 

Mário Rui Fonseca

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.