Texto: Patrícia Fonseca

A paróquia da Senhora da Oliveira foi criada em Tramagal a 1 de abril de 1754. Este culto mariano tem raízes profundas na terra que a 3 de julho celebrou 30 anos de elevação a vila — e que também por isso incluiu, nas cerimónias oficiais, uma missa que decorreu no Largo dos Combatentes.

Como exemplo, importa lembrar que a devoção da mãe de Eduardo Duarte Ferreira era tão grande que, no registo de baptismo do homem que viria a fundar o “império da borboleta”, datado de 3 de março de 1856, surge a indicação de que o padrinho seria André Ferreira, seu tio, e a madrinha “Nossa Senhora da Oliveira, padroeira do Tramagal”.

Missa no Largo dos Cambatentes, a 3 de julho de 2016. Foto: mediotejo.net
Missa no Largo dos Cambatentes, a 3 de julho de 2016. Foto: mediotejo.net

A procissão em honra da Senhora da Oliveira, a 15 de agosto, continua a realizar-se todos os anos, sempre com centenas de participantes. Aqui fica um registo desse emotivo evento religioso no Tramagal, pelo olhar de Luiz Horta.

PUB
PUB

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.