Foto: CM Torres Novas

A Câmara de Torres Novas aprovou por unanimidade a proposta do PS para implementação da gratuitidade do passe aos antigo combatentes nos Transportes Urbanos Torrejanos (TUT). A oposição, tanto do Movimento P’la Nossa Terra como do PSD, concordaram com o proposto mas pediram mais, nomeadamente a gratuitidade dos transportes a toda a população à terça-feira, dia de mercado municipal. 

Após ser apresentada a proposta pelo executivo de maioria PS, Patrícia Picton, por parte do Movimento P’la Nossa Terra, em substituição do vereador António Rodrigues, disse concordar com a ideia mas deu conta que “gostaria de ver a gratuitidade dos transportes urbanos torrejanos alargada à população em geral”, tal como foi proposto no programa eleitoral do movimento, “e ainda ver aumentada a rede viária dos TUT, isto é, ver os TUT chegarem mais perto dos munícipes residentes nas aldeias do concelho, porque percebemos que havia pessoas que não se deslocavam à cidade por o TUT não chegar lá e por não terem familiares com disponibilidade para o fazerem”, referiu.

ÁUDIO | Patrícia Picton, vereadora Movimento P’la Nossa Terra:

Patrícia Picton disse ainda que o movimento que representa reconhece que essa é uma medida “audaz” mas que poderia ser encetado um caminho “passo a passo”, dando o exemplo de, numa primeira fase, poder-se estabelecer a gratuitidade dos transportes à terça-feira, dia do funcionamento do mercado municipal, pelo que a gratuitidade dos transportes “permitiria que as pessoas tivessem um dia por semana para se deslocarem gratuitamente no concelho, tanto para tratarem dos seus assuntos pessoais como para fazerem as suas compras no mercado municipal semanal”, o qual, afirmou, “tanto precisa de visitantes”. A representante do Movimento P’la Nossa Terra fez ainda notar que a gratuitidade dos transportes municipais ajudaria também a defender o ambiente.

ÁUDIO | Tiago Ferreira, vereador PSD/CDS:

Também Tiago Ferreira (PSD/CDS) se associou à proposta do executivo municipal, referindo que a observação de implementar a isenção de pagamento no dia do mercado com isenção feita pelo Movimento P’la Nossa Terra faz sentido, até porque “também ajudava a promover a parte mais económica do mercado”.

O presidente da autarquia torrejana, Pedro Ferreira (PS), que, ao fazer a sua apresentação, considerou esta medida como “muito interessante e importante”, respondeu que tem sido realizada uma “progressão muito cuidadosa, também atendendo à questão do equilíbrio financeiro” na gestão dos Transportes Urbanos Torrejanos, mas que “tentaremos agarrar os desafios apresentados para que gradualmente as pessoas utilizem cada vez mais os TUT”.

ÁUDIO | Pedro Ferreira (PS), presidente CM Torres Novas:

Os potenciais beneficiários do Passe de Antigo Combatente devem assim preencher e apresentar junto do operador de transporte o respetivo requerimento de adesão, acompanhado dos seguintes documentos: cartão de antigo combatente ou cartão de viúva e viúvo de antigo combatente, cartão de cidadão (ou outro título válido equivalente) e certidão de domicílio fiscal emitida pela Autoridade Tributária.

Em comunicado a autarquia sublinha que o município torrejano, no âmbito do processo de descentralização administrativa, “assumiu competências da Autoridade de Transporte referentes à tipologia Urbana, delegando as restantes competências de transportes públicos que operam no território na Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIMT)”.

Rafael Ascensão

Licenciado em Ciências da Comunicação e mestre em Jornalismo. Natural de Praia do Ribatejo, Vila Nova da Barquinha, mas com raízes e ligações beirãs, adora a escrita e o jornalismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.