Teatro 'Queimas dos Queimados' sobe no domingo ao palco da Casa do Povo de Olaia. Imagem: CMTN

A peça de teatro “Queimas dos Queimados”, promovida pelo Serviço Municipal de Proteção Civil da autarquia de Torres Novas, com o apoio da Junta de Freguesia de Pedrógão, “aborda as medidas de autoproteção e prevenção que cada um dos cidadãos pode adotar, não só no caso das queimas, mas também no âmbito dos Programas “Aldeia Segura” e “Pessoas Seguras”.

Segundo a sinopse, este é “um teatro humorístico baseado no conteúdo dos folhetos informativos da proteção civil, “em que três amigos se encontram e discutem os mesmos de forma divertida e educativa.”

Mais de 11 mil pedidos por ano para realização de queimas e queimadas em Torres Novas

Foto: DR

“Em Torres Novas existem, por ano, mais de 11 mil pedidos de queimas e queimadas, sendo o concelho que mais registos possui em todo o distrito de Santarém”, refere a autarquia em comunicado, afirmando que “cerca de 60 por cento dos incêndios tem origem negligente”, pelo que “e “o teatro “Queimas dos Queimados” pretende alertar para o reforço da prevenção junto das populações das áreas rurais com maior risco de incêndio, com o objetivo de reduzir as ocorrências e dissuadir comportamentos de risco.”

Refira-se que nas queimas, “o fogo é utilizado como forma de eliminação de matos, material lenhoso (restos de vides, ramos de árvores, canas, ou aparas de jardim) cortados e amontoados, sendo necessária uma comunicação prévia”, enquanto numa queimada, “o fogo é usado para renovação de pastagens e eliminação de restolho, ou sobrantes de exploração agrícola ou florestal, cortados e não amontoados, exigindo uma autorização, porque é necessária a presença de um técnico especializado em fogo controlado ou equipa de bombeiros ou de sapadores florestais”.

A realização de queimas e queimadas sem autorização é considerada uso de fogo intencional. Fora do período crítico de incêndios rurais, implica pedidos de autorização ou comunicação prévias, obedecendo ao Decreto Lei 14/2019 de 21 de janeiro.

Os pedidos de autorização ou comunicação prévia de queimas e queimadas podem realizados através da plataforma online do Instituto de Conservação da Natureza e Floresta: https://fogos.icnf.pt/queimasqueimadas/

Créditos: CMTN


Carla Paixão

Natural de Torres Novas, licenciada em jornalismo, apaixonada pelas palavras e pela escrita, encontrou na profissão que abraçou mais do que um ofício, uma forma de estar na vida, um estado de espírito e uma missão. Gosta de ouvir e de contar histórias e cumpre-se sempre que as linhas que escreve contribuem para dar voz a quem não a tem. Por natureza, gosta de fazer perguntas e de questionar certezas absolutas. Quanto ao projeto mais importante da sua vida, não tem dúvidas, são os dois filhos, a quem espera deixar como legado os valores da verdade, da justiça e da liberdade.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *