Revista Nova Augusta, capas de algumas edições. Fotos: DR

A revista “Nova Augusta” faz parte da região desde 1962 e o lançamento do novo número é feito este sábado, dia 23, no âmbito das Jornadas Europeias do Património. A apresentação tem início às 16h00 e o local escolhido foi o Museu Municipal Carlos Reis.

A edição de 2017 junta o caderno “O Ribatejo e a Grande Guerra”, com algumas das comunicações do colóquio realizado em Montalvo (Constância) pelo Fórum Ribatejo, às secções “História” e “Arqueologia e Patrimónios”.

Entre os nomes que assinam os artigos encontram-se os de Aurélio Lopes, António Matias Coelho, Gabriel Feitor, Maria da Conceição Geada, Manuel Geada, Manuela Poitout, Mónica Nunes, Luís Baptista, Marco Liberato, Romão Ramos, Helena Santos, Fernando Maurício, João Lizardo e Lígia Gonçalves.

A publicação municipal dedicada a temas históricos e culturais não se restringe a Torres Novas e ao longo do mais de meio século de existência, com interrupções pelo meio, afirmou-se como elo de ligação entre este concelho e outros dentro e fora do Médio Tejo, como Alcanena, Entroncamento, Golegã, Ourém e Vila Nova da Barquinha.

Sónia Leitão

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *