Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros. Foto: DR

O município de Torres Novas promove no sábado, dia 16 de abril, um passeio interpretativo pela zona circundante ao Parque Natural da Serra de Aire e Candeeiros, uma forma de divulgar e promover o património natural e turístico do concelho. As inscrições são gratuitas mas obrigatórias.

O passeio “Biodiversidade no Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros” tem como objetivo revelar a fauna e flora integrantes da paisagem circundante a esta área protegida que abrange cerca de 39 mil hectares, rica em estruturas cársicas.

A realizar no sábado, dia 16 de abril, Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, a iniciativa a concentração está marcada no Posto de Turismo de Torres Novas (9h00), com início às 9h30 no parque de merendas do Vale da Serra/Casal João Dias, tendo a duração prevista de 3h00, num total de 5 km de distância.

A inscrição é gratuita mas obrigatória, devendo a mesma ser feita através do e-mail turismo@cm-torresnovas.pt, do telefone 249 813 019 ou do link http://webinq.cm-torresnovas.pt/i/?chi=2GXX6K7F.

Conforme refere a organização, a atividade é adequada a todas as idades, sendo recomendado o uso de roupa e calçado confortáveis. É ainda sugerido aos participantes que levem binóculos, máquina fotográfica, água e reforço alimentar.

Em 2022 estão previstos um conjunto de passeios interpretativos pelo património natural e cultural do concelho torrejano, nomeadamente:

•        Observação de Aves na Cidade | 8 de maio
•        Fórnea de Fungalvaz | 21 de maio | Rede Natura 2000
•        Cidade de Torres Novas | 9 de julho | 37.º aniversário da elevação de Torres Novas a Cidade
•        Observação de Aves na Cidade | 18 de setembro
•        Monumento Natural das Pegadas dos Dinossáurios | 25 de setembro | Dia Mundial do Turismo
•        Castelo | 9 de outubro | Dia Nacional dos Castelos
•        Museu Agrícola de Riachos | 20 de novembro | Festival Gastronómico das Couves com Feijões

Rafael Ascensão

Licenciado em Ciências da Comunicação e mestre em Jornalismo. Natural de Praia do Ribatejo, Vila Nova da Barquinha, mas com raízes e ligações beirãs, adora a escrita e o jornalismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.