Luís Rodrigues, "Bretes"". Foto: DR

O pintor Luís Rodrigues, “Bretes”, encontra-se em residência artística no Convento do Carmo desde o passado dia 18 e, até ao dia 5 de novembro, irá preparar a exposição “Revisitação”, na qual apresenta uma visão contemporânea sobre temas e formas da arte sacra. O projeto resulta da parceria entre o município, o Museu Municipal Carlos Reis, as Paróquias e a Santa Casa da Misericórdia de Torres Novas.

A inauguração da exposição do artista torrejano reconhecido internacionalmente está prevista para maio de 2019. No entanto, o trabalho desenvolvido neste âmbito pode ser conhecido com antecedência nas três sessões públicas que têm lugar nos próximos dias 29, às 10h40, e 30 de outubro, às 14h15 e 21h30, no Convento do Carmo. As duas primeiras dirigem-se, sobretudo, ao público escolar na área artística e a última ao público em geral.

Os participantes têm a oportunidade de conhecer o artista residente em Paris há mais de quatro décadas, mas que mantém ligação com a terra natal, nomeadamente através de duas exposições individuais realizadas em espaços culturais da cidade e da doação de diversas obras da sua autoria – telas, cerâmicas e aguarelas – ao Museu Municipal Carlos Reis.

Sónia Leitão

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *