João "Espanhol" Foto: mediotejo.net

A deputada da CDU, Cristina Tomé, sugeriu na assembleia municipal de 26 de abril, quinta-feira, que o município preserve a memória da Casa Espanhol, negócio centenário que está em vias de fechar e cujo proprietário, João Espanhol, é uma figura torrejana da música e da luta política. Deixou assim a proposta que o espaço seja transformado num Museu.

Em resposta à intervenção de Cristina Tomé, o presidente da Câmara, Pedro Ferreira, concordou que o tema merecia reflexão e que iria falar com a família de João Espanhol

 

Cláudia Gameiro

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.