O Bloco de Esquerda de Torres Novas requereu formalmente, na reunião de Câmara realizada na terça-feira, acesso ao contrato assinado pelo município no âmbito do Programa Operacional Mais Centro para o financiamento da obra de requalificação do Convento do Carmo.

Em comunicado, a coordenadora do BE de Torres Novas insiste na exigência de que o executivo socialista esclareça o processo e que “se apurem todas as responsabilidades”, lamentando que o presidente da Câmara, Pedro Ferreira, não tenha ainda dado qualquer resposta.

Em causa está a obra no Convento do Carmo, contemplada no anterior quadro comunitário, cujos fundos se perderam por não ter sido concluída até ao final de 2015 e que surge no orçamento do município para 2016, com a inscrição de um milhão de euros, ao abrigo de uma candidatura ao Portugal 2020 no âmbito da reabilitação urbana, alterando o fim a que o edifício estava destinado sem que seja, contudo, precisado especificamente qual, afirma o BE.

Agência Lusa

Agência de Notícias de Portugal

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *