Pormenor do cartaz "Sub Humanidade: o retrato cru". Foto: DR

O átrio da Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes recebe “Sub Humanidade: o retrato cru” pelos alunos da Escola Secundária Maria Lamas (Agrupamento Gil Paes) entre os dias 1 e 30 de setembro. A exposição envolve os visitantes em quatro experiências interativas com o objetivo de contrariar estereótipos.

O projeto artístico coordenado pelas professoras Cristina Nascimento e Maria Paula Godinho no âmbito das disciplinas de Desenho A/Oficina de Multimédia B (12º AVA) recria ambientes diferentes em quatro cubos. Do “retrato cru” exposto através de pequenos filmes sobre personagens em conflito com determinadas situações passa-se ao confronto direto do visitante perante o espelho, potenciando a reflexão sobre questões sociais e pessoais que marcam o quotidiano.

Sónia Leitão

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.