A Águas do Ribatejo (AR) informou hoje que os 13 milhões de euros investidos no tratamento de águas residuais e abastecimento de Torres Novas mostram efeitos visíveis na bacia do Almonda, no paul do Boquilobo e na qualidade da água.

Em comunicado, a AR afirma que instalou mais de 62 quilómetros de condutas de abastecimento de água e saneamento no concelho de Torres Novas, no âmbito de um investimento de 13 milhões de euros em infraestruturas que “contribuem para a despoluição da Bacia do Almonda e para a melhoria da qualidade da água para abastecimento que atingiu valores de 100%, segundo as análises realizadas regularmente por laboratório externo certificado”.

As obras foram financiadas pelo Programa Operacional de Valorização do Território POVT integrado no Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN) e por capitais próprios da AR gerados a partir das faturas pagas pelos seus 75.000 clientes, informa a nota, segundo a qual serão ainda investidos mais 20 milhões de euros no concelho, num investimento total de 33 milhões de euros (25 milhões em saneamento e oito milhões em abastecimento de água).

Agência Lusa

Agência de Notícias de Portugal

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *