Tomar acolhe de 6 a 9 de junho o maior evento nacional sobre turismo interno. Foto: Luís Ribeiro

De 6 a 9 junho, o concelho de Tomar vai ser o palco da 8.ª edição do Fórum “Vê Portugal”, o maior evento nacional de debate sobre turismo interno. Organizado pelo Turismo Centro de Portugal e pelo município tomarense, a edição deste ano tem como mote os “Olhos Postos no Futuro!” e debruçar-se-á sobre a temática “A Era Pós-Covid 19 e o Turismo”.

Depois de Viseu, Aveiro, Coimbra, Leiria, Guarda, Castelo Branco e Caldas da Rainha, a cidade de Tomar foi a escolhida para acolher mais uma edição do Fórum “Vê Portugal”, o maior evento nacional de turismo interno que durante quatro dias vai juntar em terras nabantinas oradores nacionais e internacionais para debater os desafios do turismo na era pós-Covid e para preparar o futuro.

Numa iniciativa promovida pela Turismo Centro de Portugal e pelo Município de Tomar, e que conta com o apoio do Instituto Politécnico de Tomar e do Turismo de Portugal, o principal palco vai ser o Cine Teatro Paraíso, com um programa recheado de novidades.

Uma delas é precisamente a duração do evento, que pela primeira vez vai ser de quatro dias – de 6 a 9 de junho – e conta com a realização de uma bolsa de contactos e de uma visita guiada ao território.

O primeiro dia de “Fórum Vê”, 6 de junho, vai precisamente contar com um programa “One-To-One Meetings”, no Hotel dos Templários, em que são convidados operadores turísticos, agentes de viagem e hoteleiros e demais empresários turísticos com o objetivo de promover uma bolsa de contactos de negócios entre estes e os participantes, além da promoção interna do Centro de Portugal enquanto “destino privilegiado de uma diferenciação de produtos turísticos”. A inscrição para esta iniciativa será gratuita.

Já nos dias 7 e 8 de junho, no Cine-Teatro Paraíso, haverá um conjunto de seis painéis de especialistas nacionais e internacionais para abordar a situação atual do turismo em Portugal.

A 7 de junho sobem a palco três painéis, o primeiro dos quais sobre “Novas tendências no comportamento do turista” com os palestrantes Mauro Paulino, psicólogo e coordenador do livro “A Psicologia da Pandemia”, Marta Poggi, consultora de turismo digital, António Neves, Industry Manager-Travel da Google, e Tiago Phillimore, responsável pelas áreas de eCommerce e Digital da TAP, e também.

O painel sobre  “O capital humano nas organizações: impactos e mudanças”, contará com a participação de Ana Jacinto, secretária-geral da AHRESP, e de Ana Paula Pais, diretora coordenadora de Formação no Turismo de Portugal, ao passo que o painel “Covid-19 e a emergência de novos produtos turísticos” contará com os oradores Sérgio Nunes, diretor do Centro de Investigação Aplicada em Economia e Gestão do Território, Teresa Ferreira, diretora do Departamento de Desenvolvimento de Recursos do Turismo de Portugal, e Pedro Pedrosa, CEO na empresa Portugal A2Z Walking & Biking”.

De destacar ainda a 7 de junho a tradição de homenagear personalidades que se destacaram no setor turístico nacional e regional num jantar oficial a acontecer no Hotel dos Templários.

Durante o Jantar de Gala serão ainda entregues os Prémios de Concurso de Empreendedorismo Turístico José Manuel Alves, instituídos pelo Turismo Centro de Portugal e que visam apoiar projetos inovadores no setor do Turismo, assim como os Prémios de Teses Académicas, que incidem sobre o Centro de Portugal. As informações sobre estes prémios e as candidaturas estão disponíveis AQUI.

Mas o programa de atividades prossegue. No dia seguinte, 8 de junho, “Covid-19 e o impacto na oferta turística” será o primeiro tema a debate, com Pedro Costa Ferreira, presidente da Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo, e Francisco Vieira Pita, Administrador e CCO da ANA – Aeroportos de Portugal.

Segue-se a temática “Covid-19 e internacionalização da marca Portugal”, com Carlos Coelho, CEO da Ivity Brand Corp, e José Filipe Torres, CEO da Bloom Consulting, num dia que termina com o debate “Vamos falar do futuro: há como antecipar novas crises?”, a cargo de Paulo Fernandes, presidente do Conselho Estratégico da Região Centro, e Miguel Poiares Maduro, professor universitário.

A apresentação da 8.ª edição do Fórum “Vê Portugal” decorreu no dia 23 de março no Salão Nobre da Câmara Municipal. Imagem: Turismo Centro de Portugal

O maior evento nacional de debate sobre turismo interno termina a 9 de junho, dia no qual oradores, convidados e operadores turísticos são convidados a participar noutra das novidades do programa: a “Vê Tomar”, uma visita guiada à cidade templária, com passagem pelo Complexo Cultural da Levada de Tomar, Sinagoga, Centro Histórico, Convento de Cristo e Castelo Templário.

Fórum “Vê Portugal” em Tomar apresentado no Salão Nobre dos Paços do Concelho

A apresentação da 8.ª edição do Fórum “Vê Portugal” decorreu no dia 23 de março no Salão Nobre da Câmara Municipal, num momento em que o presidente do Turismo Centro de Portugal, Pedro Machado, destacou a importância da realização deste evento.

“O Fórum ‘Vê Portugal’ foi criado com a ideia inicial de fazermos a discussão do turismo interno. Hoje, confirma-se que o mercado nacional é uma peça-chave na procura turística no nosso país, tendo contribuído decisivamente para mitigar os efeitos da pandemia. Nesta edição, vamos ter como tema central a discussão do período pós-covid. Vamos debater as formas como a indústria do turismo vai reagir para enfrentar os novos desafios da atividade turística”, explicou.

“Vamos mostrar ao setor do turismo e à opinião pública que estamos num processo de restaurar a confiança no crescimento da atividade, assim como estamos a restaurar a confiança dos mercados internacionais. Em Tomar, vão estar os maiores especialistas nacionais e internacionais a debater estes assuntos”, acrescentou.

Já a presidente da Câmara Municipal de Tomar, Anabela Freitas, elogiou a escolha de Tomar como palco do encontro de quatro dias, “que tem uma dimensão nacional”.

“Todos nós somos também turistas. Nessa condição, o que procuramos agora é diferente do que procurávamos antes da pandemia. Os players da atividade turística precisam de se reinventar para se adequarem às novas tendências. Para isso, precisamos de espaços para debater e trocar ideias, para termos discussões estratégicas sobre o setor do turismo. Este fórum é um espaço privilegiado para isso. Espero por todos em Tomar, para uma discussão que será muito profícua”, assinalou.

A apresentação da 8.ª edição do Fórum “Vê Portugal” decorreu no dia 23 de março no Salão Nobre da Câmara Municipal. Imagem: Turismo Centro de Portugal

Enquanto parceiro da iniciativa, o Instituto Politécnico de Tomar, representado pelo seu presidente, João Coroado, saudou o facto de o fórum acontecer de forma presencial. “O turismo é uma área muito cara ao Instituto Politécnico de Tomar. Este evento constitui uma oportunidade muito relevante para os seus estudantes e investigadores apresentarem resultados dos seus trabalhos e para conversarem com operadores turísticos. É importante sabermos os caminhos que estão a ser trilhados neste setor. É com muito gosto que o Instituto Politécnico de Tomar é parceiro neste evento”, frisou o responsável do IPT.

A participação no Jantar Gala “Vê Portugal”, tal como no Fórum, é gratuita e limitada, com obrigatoriedade de inscrição e sujeita a confirmação. As inscrições podem ser feitas em turismodocentro.pt. O programa completo pode ser consultado AQUI.

Ana Rita Cristóvão

Abrantina com uma costela maçaense, rumou a Lisboa para se formar em Jornalismo. Foi aí que descobriu a rádio e a magia de contar histórias ao ouvido. Acredita que com mais compreensão, abraços e chocolate o mundo seria um lugar mais feliz.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.