Truque das notas fora da validade burla idoso em Serra de Cima, freguesia de Sabacheira (Tomar). Foto: Zé Paulo Marques

O presidente da Junta de Freguesia de Sabacheira, António Graça, está a lançar o alerta para que a população esteja atenta e, caso se sinta enganada, faça queixa.

“Desta feita novamente uma nova tentativa de burla e consumada. Dois indivíduos, um alto e magro, um mais baixo e mais forte, um a fazer-se passar por uma autoridade judiciária e o outro a passar-se por um médico, num polo azul e chegaram junto à casa de um idoso e disseram-lhe que vinham trocar notas. Claro que a introdução há de ter sido muito mais elaborada mas que vinham trocar as notas que tinham saído de circulação e que não tinha qualquer custo, levavam-nas e depois vinham entregar as novas, e esse senhor entregou o dinheiro que tinha e eles puseram-se em fuga”, relatou o autarca.

ÁUDIO | ANTÓNIO GRAÇA, PRESIDENTE JF SABACHEIRA:

A estratégia é a tradicional: usando um disfarce de uma entidade respeitável, como por exemplo um boné de Bombeiro, o(s) indivíduo(s) aborda(m) a população mais frágil e isolada, em particular idosos, com a “informação” que as notas de 20 ou 50 euros vão perder validade e têm que ser trocadas ou que vão acabar.

O embuste já é corriqueiro mas as pessoas continuam a ser aldrabadas numa tipologia de “criminalidade itinerante”, sendo que os criminosos têm conseguido os seus intentos.

À população, o autarca alerta para que “não entrem na ladainha do burlão” e desconfiem perante pessoas que desconheçam. Caso a burla se efetive, apela a que tentem memorizar todo o tipo de pormenores sobre o indivíduo (características físicas como a cor do cabelo ou altura) e eventualmente do veículo, em particular a matrícula, e participem às autoridades. Em último recurso deve-se contactar o 112.

Truque das notas fora da validade burla idoso em Sabacheira. Foto: Zé Paulo Marques

“Eu digo sempre às pessoas, em primeiro lugar, se não souberem o que fazer, liguem para o 112, se tiverem o número da GNR liguem para a GNR, em qualquer um dos casos, se quiserem, se for preciso, liguem-me, toda a gente tem o meu número, e as pessoas acabam sempre por me ligar primeiro a mim”, alertou.

António Graça, presidente da Junta de Freguesia de Sabacheira. Foto. Zé Paulo Marques

Segundo o autarca, este não é então um caso pontual, tendo já sucedido mais vezes na freguesia de Sabacheira. “É uma coisa que se passa anualmente. E quando as pessoas já estão meio esquecidas é quando eles voltam ao ataque. Agora vão acalmar durante uns tempos, ou vão passar para outra freguesia, e daí este alerta regional ser bastante importante: um indivíduo alto, um individuo baixo, o alto é magro, o baixo é mais forte, um polo azul, não quer dizer que eles façam sempre o mesmo ataque da mesma forma, mas se isto poder chamar a atenção a alguém num caso de suspeita, e vale mais estarem errados e afinal não ser nada, do que não ligar e depois acontecerem estas situações”, disse António Graça.

Truque das notas fora da validade burla idoso em Sabacheira. Foto: Zé Paulo Marques

“Felizmente, no meio disto tudo, não utilizaram qualquer tipo de violência e a pessoa está bem, felizmente, dentro do mal ao menos. Se bem que, se alguma destas pessoas que costuma assaltar os idosos ouvir esta nossa conversa, peço pelo menos um bocadinho de consciência porque estão a assaltar pessoas que têm reformas de miséria, que é para comer e para os medicamentos. E mesmo que só consigam levar 20, 50€, é muito dinheiro para quem tem pouco. E se isto chegar a pesar na consciência: vão trabalhar”, concluiu António Graça.

Mário Rui Fonseca

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

Entre na conversa

1 Comentário

  1. Bem dizia alguém que nasce um trouxa a toda a hora.
    Tantas vezes alguns são bem agarrados ao dinheiro, mas aparece um qualquer idiota com umas falinhas mansas e lá se vai o dinheiro todo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.