A empresa Prado Karton tem mais de 200 anos de História

O PS e o PCP questionaram o Governo sobre o conhecimento que tem da empresa Prado Karton – Companhia de Cartão S.A. e sobre as diligências tomadas em relação ao futuro dos trabalhadores. Este interesse dos deputados de ambos os partidos surge na sequência de um pedido de insolvência apresentado pela administração desta empresa de Tomar, e que colocou 72 trabalhadores no desemprego.

Dados apresentados pela comissão de trabalhadores desta empresa, com mais de duzentos anos de História, revelam que a mesma é rentável, tendo faturado no último mês de laboração mais de um milhão de euros.

Num comunicado, a empresa adiantou que, “apesar de todos esforços realizados, não foi possível apresentar um plano de recuperação que assegurasse a viabilidade da empresa”.

Segundo o documento, “foi implementado um processo de reestruturação, que implicou uma injeção de fundos de mais de dois milhões de euros, nomeadamente do acionista, possibilitando o retomar da atividade industrial que se encontrava parada há mais de cinco meses, bem como desenvolver uma nova oferta de produtos de maior valor acrescentado da gama `kraft` [tipo de papel], reconquistar clientes através de um significativo investimento comercial e financiar a tesouraria e atividade corrente, assegurando-se a manutenção de 72 postos de trabalho”, lê-se no comunicado.

Gisela Oliveira

Jornalista profissional há mais de 30 anos, passou por vários jornais diários nacionais, nomeadamente pelo 'Diário de Lisboa', 'Diário de Notícias' e 'A Capital'. Apaixonada pela profissão desde a adolescência, abraçou o jornalismo nas suas diversas áreas, desde o Desporto às Artes e Espetáculos, passando pela Política e pelos temas Internacionais. O jornalismo de proximidade surge agora no seu percurso.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.