Foto: DR

Até dia 8 de agosto o ZêzereArts vai levar música erudita aos concelhos de Tomar e Ferreira do Zêzere. O festival começou no domingo, dia 18 de julho, com um concerto na Igreja de Nossa Senhora da Graça, em Tomar, onde o destaque recaiu no compositor e instrumentista português, Pedro Caldeira Cabral. 

Para iniciar a 11ª edição deste Festival, que combina a cooperação entre músicos internacionais (e o ensino das suas artes) com a oferta de performances de alta qualidade ao público, Pedro Caldeira Cabral fez uso da Cítara Portuguesa para dar um concerto nesta igreja tomarense do século XVI, acompanhado por Duncan Fox (Contrabaixo) e o Quarteto Lopes-Graça, que é constituído por Luís Pacheco Cunha (Violino), Maria José Laginha (Violino), Isabel Pimentel (Viola) e Catherine Strynckk (violoncelo).

A entrada para o concerto era gratuita e com a lotação limitada a 50 lugares.

Pode consultar um artigo com a programação completa aqui.

Rafael Ascensão

Licenciado em Ciências da Comunicação e mestre em Jornalismo. Natural de Praia do Ribatejo, Vila Nova da Barquinha, mas com raízes e ligações beirãs, adora a escrita e o jornalismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.