Festival de Artes de Rua de Tomar fecha com chave de ouro três dias de animação na cidade. Foto: Luís Ribeiro

O Art’in Rua – Festival de Artes de Rua de Tomar leva até este domingo, a vários espaços da cidade, arte circense, estátuas vivas, música e fanfarras, ‘street food’, e muita animação.

As Estátuas Vivas “Artes de Rua” estiveram no Mouchão, na zona desportiva e no centro histórico, no sábado, culminando o festival com “uma das mais antigas tradições artísticas de rua em Tomar, o Encontro de Bandas Filarmónicas”, concentrado no Coreto da Várzea Pequena a partir das 16:00 deste domingo.

Estátuas vivas são imagem de marca do Festival de Rua de Tomar. Foto: Luís Ribeiro

Numa iniciativa da Câmara de Tomar e da Tenda Produções, o festival veio juntar este ano às estátuas vivas, que eram habituais nesta época, a ‘street food’, as fanfarras e muita animação circense, entre outras atividades que dinamizaram o centro histórico e emprestaram um novo colorido à cidade templária e levaram muita animação a residentes e turistas.

O festival começou na tarde de sexta-feira com três espetáculos em simultâneo, as marionetas da companhia eLe, no palco do Mouchão, os tomarenses Tá Bem Abelha, no palco do rio Nabão, e a música da banda Runtáta, na Rua Marquês de Pombal e centro histórico, por onde passaram, a seguir, vários grupos, estando dezenas de eventos agendados para este três dias, num evento que culmina este domingo.

Fotos: Luís Ribeiro/mediotejo.net

Programa – Art’in Rua – Festival de Artes de Rua

𝗗𝗼𝗺𝗶𝗻𝗴𝗼, 𝗱𝗶𝗮 𝟭𝟴 𝗱𝗲 𝘀𝗲𝘁𝗲𝗺𝗯𝗿𝗼

𝙋𝙖𝙡𝙘𝙤 𝙙𝙤 𝙈𝙤𝙪𝙘𝙝𝙖̃𝙤

15h00 – Cia. Tá Bem Abelha

16h00 – Cia eLe

𝙋𝙖𝙡𝙘𝙤 𝙙𝙤 𝙍𝙞𝙤 𝙉𝙖𝙗𝙖̃𝙤

15h00 – Abraham Arzate | Auch

16h00 – Professor Karoli (Acrobacias)

𝙋𝙖𝙡𝙘𝙤 𝙙𝙖 𝙍𝙚𝙥𝙪́𝙗𝙡𝙞𝙘𝙖

16h00 – Enano (Clown)

17h00 – Mireia Miracle | Rojo

18h00 – Javy Javichy (Malabarismo)

19h00 – Laboratório | Gente do Mar

𝙍𝙪𝙖 𝙈𝙖𝙧𝙦𝙪𝙚̂𝙨 𝙙𝙚 𝙋𝙤𝙢𝙗𝙖𝙡 𝙚 𝘾𝙚𝙣𝙩𝙧𝙤 𝙃𝙞𝙨𝙩𝙤́𝙧𝙞𝙘𝙤

15h00 – Agro The Clown | Car Wash

15h00 – Drama & Beiço | Fanfarra

16h00 – Banda Runtáta (Companhia Maribondo)

17h00 – Karcocha (Clown)

Foto: Luís Ribeiro

Durante os três dias haverá 𝘀𝘁𝗿𝗲𝗲𝘁 𝗳𝗼𝗼𝗱 e animação no Jardim da Várzea Pequena, no âmbito do Street Food Tour, uma volta a Portugal com comidas sobre rodas: sexta das 18h00 às 23h00, sábado das 12h00 às 24h00 e domingo das 12h00 às 17h00.

Às 18 horas de sexta-feira abriu nas montras do centro histórico a 𝗲𝘅𝗽𝗼𝘀𝗶𝗰̧𝗮̃𝗼 “𝗥𝗲𝘁𝗿𝗮𝘁𝗼𝘀 𝗱𝗮 𝗠𝗶𝗻𝗵𝗮 𝗧𝗲𝗿𝗿𝗮”, fotografia itinerante de Augusto Brázio (no âmbito dos caminhos das Pessoas, programação cultural em rede do Médio Tejo) que ficará patente até 23 de outubro.

Finalmente, a terminar três dias plenos de animação, uma das mais antigas tradições artísticas de rua em Tomar, com o 𝗘𝗻𝗰𝗼𝗻𝘁𝗿𝗼 𝗱𝗲 𝗕𝗮𝗻𝗱𝗮𝘀 𝗙𝗶𝗹𝗮𝗿𝗺𝗼́𝗻𝗶𝗰𝗮𝘀, concentrado no Coreto da Várzea Pequena a partir das 16 horas de domingo. A entrada é livre para todas as iniciativas.  Consulte todas as informações AQUI

Mário Rui Fonseca

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.