Piscina de ar livre em Tomar encerrada por tempo indeterminado por falta de nadador salvador. Foto arquivo: Rui Rui

Cerca de um mês depois de abrir a sua época balnear, a Piscina Municipal Vasco Jacob, em Tomar, encerrou na quarta-feira, dia 13 de julho, e irá continuar encerrada “nos próximos dias”, segundo informação municipal. Este encerramento deve-se a questões de segurança, devido à falta de nadador salvador, não havendo ainda previsão de reabertura.

A Câmara de Tomar refere, em comunicado, que esta é uma situação” que se tem verificado a nível nacional e que desta vez está a afetar particularmente o Município de Tomar. A autarquia diz que se encontra a envidar “vários esforços para evitar que a mesma se repita no futuro”, tendo feito notar que, no entanto, “não será fácil” evitar estas situações tendo em conta a falta de pessoal qualificado e os pagamento elevados efetuados noutros locais, nomeadamente nas zonas costeiras de maior movimento.

“O Município continua a fazer todos os esforços para que abra o mais rapidamente possível, mas devido à escassez de nadadores salvadores no país inteiro, não é possível indicar, para já, uma previsão de reabertura”, refere a autarquia.

Notícia relacionada:

Rafael Ascensão

Licenciado em Ciências da Comunicação e mestre em Jornalismo. Natural de Praia do Ribatejo, Vila Nova da Barquinha, mas com raízes e ligações beirãs, adora a escrita e o jornalismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.