Faleceu o tomarense José Mendes Godinho, aos 79 anos, figura de referência no concelho. Foto: PS Tomar

O tomarense José Maria Mendes Godinho, residente em Monchite (Sabacheira), morreu esta semana, aos 79 anos, indo a sepultar na sexta-feira, dia 31. Médico veterinário de profissão, era filho de João Mendes Godinho Júnior e sogro da Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, tendo sido mandatário da primeira candidatura da atual presidente da autarquia, Anabela Freitas (PS).

O Partido Socialista de Tomar já emitiu uma nota de pesar dando conta que “hoje, aos 79 anos, faleceu José Maria Mendes Godinho, tomarense, residente em Monchite, Freguesia da Sabacheira. Figura do Partido Socialista desde a sua fundação, tendo sido o primeiro deputado eleito por Tomar, após o 25 de Abril, nas Constituintes de 1975”.

“Ligado umbilicalmente ao Grupo Mendes Godinho, o qual teve o seu cunho histórico no século XX, participando ativamente no desenvolvimento do Concelho de Tomar. Foi um dos fundadores da Associação M.G. – Memorial Mendes Godinho. Em 2013, foi o Mandatário da equipa socialista liderada por Anabela Freitas que desde então gere o Município de Tomar”, refere a nota de pesar, indicando ainda que é “também sogro de Ana Mendes Godinho, atual Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social”.

O PS de Tomar apresenta ainda “a toda a família e amigos, as mais sentidas condolências”.

O corpo de José Godinho estará em Câmara Ardente na quinta-feira, na capela de Monchite, com missa às 21h00. As cerimónias fúnebres estão marcadas para sexta feira, dia 31, às 15h00, na Igreja da Sabacheira.

Natural de Vila Nova da Barquinha, tem 25 anos e licenciou-se em Ciências da Comunicação pela Universidade da Beira Interior.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *