Foto: Luís Ribeiro

Apesar de o tempo ser incerto, com o dia-a-dia a ser reavaliado constantemente devido à evolução da pandemia de covid-19 e medidas impostas pelo Governo e autoridades de saúde, eis que não se pode cancelar a quadra que se avizinha. E a verdade é que já cheira a Natal na cidade de Tomar. Ligadas as iluminações de rua, é feito o convite para, cumprindo as regras e medidas de proteção, se poder aproveitar da melhor forma possível o que a quadra natalícia reserva.

Depois da adesão massiva à campanha de cartões de desconto para o comércio local, um êxito que tomou proporções inesperadas e levou a autarquia a reinvestir até 100 mil euros, surge também oportunidade para vivenciar momentos culturais e musicais com intuito de trazer alegria, tranquilidade e paz a uma quadra diferente. Num ano exigente como o de 2020, não pode também faltar a palavra solidariedade.

A programação Tomar Natal 2020 arrancou com pé direito com a campanha de apoio ao comércio local e famílias tomarenses lançada em novembro, onde o município investiu numa primeira fase 40 mil euros para que, ao comprarem cartões de desconto de 10 e 20 euros, as pessoas optassem por fazer as suas compras nas lojas de Tomar.

Do valor de cada cartão adquirido, o município assumiu o compromisso de devolver metade aos comerciantes que aderiram à iniciativa, mais de 100 lojas da cidade.

A campanha “Tomar Natal é no Comércio Local”, uma iniciativa em parceria com os comerciantes do concelho, está a decorrer desde 14 de novembro e até ao dia 31 de dezembro, último dia para utilizar os cartões adquiridos.

Acontece que, logo na primeira semana da iniciativa, os cartões no valor de 40 mil euros esgotaram, levando a autarquia a duplicar o valor inicial para 80 mil euros. Semana após semana, devido à forte adesão da comunidade, a autarquia atingiu um plafond máximo de 100 mil euros atribuídos a esta iniciativa de sucesso, com os tomarenses a fazerem fila para adquirir cartões de desconto no posto de turismo.

A venda de cartões terminou no dia 4 de dezembro, onde foi colocada à venda a última remessa de cartões correspondente aos últimos 20 mil euros investidos pelo município na campanha de apoio ao comércio tomarense.

Foto: Luís Ribeiro

Áudio: Anabela Freitas, autarca tomarense, em balanço da campanha “Tomar Natal é no Comércio Local”. A venda de cartões de desconto encerrou esta sexta-feira, dia 4 de dezembro.

Anabela Freitas, presidente da CM Tomar, refere que a campanha foi idealizada com dois propósitos, sendo o apoio ao comércio local, que “levou um rombo muito grande por causa da pandemia” e “apoiar as famílias, para que nenhuma família, por muitas dificuldades que esteja a passar, não deixe de comprar um miminho para os filhos e para aqueles que lhe estão mais próximos”.

“Nunca pensámos que, efetivamente, tivesse esta adesão tão grande”, assume a autarca, referindo que se gerou em torno da campanha algumas iniciativas próprias, até de pessoas vindas de outros pontos do país, que optaram por ajudar o comércio local em Tomar.

A autarca falou no caso de um comerciante que recebeu um casal de Lisboa, que sabendo da iniciativa “Tomar Natal é no Comércio Local”, optou por vir à cidade nabantina fazer as suas compras da quadra. “O casal só naquela loja gastou 400 euros! Ou seja, a iniciativa veio apoiar as famílias, e dinamizou o comércio local para além da campanha de cartões de desconto. Isto é muito bom”, afirma.

Foto: Luís Ribeiro

Para 2021, já está incluído no orçamento, integrado na rubrica de medidas de apoio no âmbito da covid-19. “Está já previsto no orçamento do próximo ano meio milhão de euros nesta rubrica, de onde sairá também verba para esta iniciativa a realizar-se no próximo ano. Como teve tanta adesão, sim, será uma iniciativa para manter”, admite Anabela Freitas.

Programação de Natal inclui concertos, animação de rua, mercados e mostras de artesanato

Carolina Deslandes vai dar concerto especial de Natal, no Cine-Teatro Paraíso. Foto: DR

A programação arranca este sábado, dia 5 de dezembro, às 16h00 na Igreja de Nossa Senhora da Graça (Misericórdia) com um concerto sobre Beethoven e a sua Época, por Lev Vinocour e Quarteto Lopes-Graça.

Dia 11, sexta-feira, é esperada a partir das 15h30 animação natalícia por Reymundo, na Praceta de Olivença (entrada da Corredoura).

No dia 12 de dezembro, sábado, é dia de Mercado de Natal na Praça da República, das 14h00 às 18h00, com animação musical garantida pelos Drama & Beiço.

Pelas 18h00, Carolina Deslandes atua no Cine-Teatro Paraíso, que retoma atividade neste fim-de-semana após obras de beneficiação e requalificação. Este será um espetáculo especial, denominado “Christmas Carol” onde não faltarão no repertório os clássicos de Natal que se costumam trautear nesta época festiva. Os bilhetes estarão disponíveis no Cine-Teatro a partir do dia 9 de dezembro (menores 12 anos – 8€ | maiores 12 anos).

Mercado da Estrelinha, uma organização da Junta Urbana de Tomar, volta para várias edições de Natal, ao fim de semana, reunindo artesãos e produtores. Foto: DR

Nos dias 13, 19 e 20 de dezembro regressa o Mercado da Estrelinha, um mercado organizado pela Junta Urbana, de artesanato, doçaria e produtos gourmet, que vai decorrer na Rua Serpa Pinto (vulgo Corredoura) entre as 10h00 e as 18h00.

Em caso de mau tempo, os mercados realizam-se na tenda do Mercado Municipal de Tomar. A 19 de dezembro, a Biblioteca Municipal acolhe a iniciativa “Filminhos à solta pelo país”, com entrada livre, e acontecer pelas 11h00. Neste dia, no centro histórico, haverá animação do “Natalício Musical”, pelo Projeto EZ, a partir das 14h30.

O dia fecha com teatro de marionetas “Arabesco”, pela Red Cloud, às 21h00. A entrada tem o custo de 3 euros. A programação do Tomar Natal 2020, alerta a autarquia, está sujeita a alterações decorrentes da evolução da pandemia de covid-19.

Joana Rita Santos

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.