Pedro Cabeleira, realizador entroncamentense vai estar presente na sessão. Fotografia: Ana Vilaça

Realizado pelo entroncamentense Pedro Cabeleira, o filme “By Flávio” vai ter a sua antestreia nacional rodada no Teatro Virgínia, em Torres Novas, numa sessão marcada para as 21h00 desta quinta-feira, 12 de maio, que vai contar com a presença da equipa de realização. A entrada é gratuita mediante levantamento prévio do bilhete.

“Márcia, wannabe influencer digital, consegue um date promissor com Chullz, um rapper famoso, mas não tem ninguém com quem deixar Flávio, o seu filho. A solução é levá-lo com ela”, pelo que a trama se desenrola a partir daí, segundo a sinopse do filme.

“By Flávio”, que foi rodado no concelho de Torres Novas, marcou presença na competição de curtas-metragens do 72º Festival de Cinema de Berlim 2022.

Com argumento de Diogo Figueira, Pedro Cabeleira e Ana Vilaça, produção “Primeira Idade” com distribuição internacional da Portugal Film, direção de fotografia de Leonor Teles e interpretações de Ana Vilaça, Rodrigo Manaia e Tiago Costa, “By Flávio” é a segunda curta-metragem de Pedro Cabeleira e o seu terceiro filme, pelo que contou também com o apoio da Câmara Municipal de Torres Novas.

Além de passar esta curta-metragem, a sessão conta ainda com a projeção da curta “Filomena”, do mesmo realizador, sendo que nesta película realizada em 2019, se conta a história de uma “empregada doméstica que passa por seis espaços muito diferentes, que enquadram a sua tentativa de encontrar um sentimento de pertença na vida de outras pessoas, incluindo a do seu namorado e as suas promessas ilusórias”, lê-se em comunicado. Neste caso a interpretação ficou a cargo de Sandra Hung, António Simão, Ana Valentim, Maria Cardetas Melo e Sérgio Coragem.

A equipa de realização vai estar presente na sessão, pelo que após a visualização dos filmes há espaço para algum debate.

Pedro Cabeleira, natural do Entroncamento, nasceu em 1992, licenciando-se em 2013, na Escola de Cinema de Lisboa (ESTC), com especialização em Realização.

Rafael Ascensão

Licenciado em Ciências da Comunicação pela Universidade da Beira Interior. Natural de Praia do Ribatejo, Vila Nova da Barquinha, mas com raízes e ligações beirãs, adora a escrita e o jornalismo. Ávido leitor, não dispensa no entanto um bom filme e um bom serão na companhia dos amigos.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.