Vítor Cavalheiro é o novo Provedor da Santa Casa da Misericórdia da Sertã. Foto: DR

O ex-presidente da FUS – Filarmónica União Sertaginense e ex-vereador do PS na Câmara da Sertã, Vítor Cavalheiro, foi eleito no dia 17 de dezembro como novo Provedor da Santa Casa da Misericórdia local substituindo no cargo José Tavares Fernandes. O objetivo passa por imprimir uma nova dinâmica à instituição no âmbito da sua esfera de ação social.

“Queremos dar um novo impulso à Santa Casa da Misericórdia da Sertã, imprimir uma nova dinâmica alargando e melhorando a prática da solidariedade social na área da infância, na área dos idosos e, ao mesmo tempo, abri-la à sociedade em geral, implementando um conceito de proximidade e fraternidade com a nossa comunidade”, anuncia Vítor Cavalheiro.

Para a concretização das suas propostas para os próximos quatro anos, o novo Provedor conta com “uma equipa coesa e imbuída de um verdadeiro espírito de missão, de serviço aos outros voluntário e gratuito, uma equipa que tudo fará na defesa e promoção dos interesses da Santa Casa da Misericórdia, dos seus utentes e dos seus colaboradores”.

“Estamos disponíveis para servir e não para nos servir”, sintetiza.

A nova equipa aponta como objetivos a “valorização e maior interação com os irmãos, a valorização dos trabalhadores, humanização dos serviços, solidariedade Social, valorização do Património e criação do Conselho Consultivo, órgão de consulta tendo como objetivo emitir parecer nas matérias de relevância institucional colocadas à sua apreciação”.

Como compromissos, assume a ampliação do novo Lar no Cimo da Vila (anunciado há cerca de quatro anos), a construção e implementação de um Centro de Dia, a criação de uma Unidade de Cuidados Continuados Integrados e de uma estrutura de Acolhimento Temporário de Idosos.

“Em relação ao novo lar iremos envidar todos os esforços para candidatar de novo a obra de ampliação do Lar Nossa Senhora do Carmo a fundos comunitários e avançar de imediato com a sua construção”, anuncia o novo Provedor.

A vila da Sertã, o maior aglomerado populacional do concelho, não possui atualmente um Centro de Dia, infraestrutura considerada “fundamental para muitas famílias que se veem forçadas a recorrer a Instituições fora da sua área de residência, com os inevitáveis constrangimentos para os utentes e seus familiares”.

Também não existe na vila uma Unidade de Cuidados Continuados Integrados, “o que obriga a que muitos dos utentes que carecem deste apoio, sejam relegados para grandes distâncias da sua área de residência e dos seus familiares”. Por isso, a nova Provedoria propõe-se “envidar todos os esforços para elaborar projeto para uma UCCI e, após aprovação pelas entidades competentes, apresentar candidatura ao PRR ou outros fundos disponíveis, com o objetivo de garantir financiamento para esta obra”.

Outro objetivo para o mandato é a criação de uma estrutura de Acolhimento Temporário de Idosos para os casos em que o cuidador informal necessitar de descansar ou for de férias e o idoso não possa ir ou não o queira. É também uma solução se o idoso estiver a recuperar fisicamente de uma intervenção cirúrgica ou de alguma maleita física.

Ampliar a oferta quer na Creche, quer no Jardim de Infância, dinamizar atividades como natação, música e outras modalidades, atualizar os equipamentos pedagógicos das salas, promover visitas de estudo e reforçar os Recursos Humanos são compromissos assumidos.

A nível do Património Cultural pretende-se a valorização e salvaguarda do Património Cultural móvel e integrado de valor histórico-artístico, a inventariação do acervo – Pinturas, esculturas, metais, espólio documental – com valor museológico, preservação e sua divulgação, a dinamização da Solenidade dos Passos, Horto, Quinta e Sexta Feira Santas – Procissão, Semana Santa na Sertã.

“Iniciaremos de imediato a requalificação do Jardim da Cerca do Hospital, dignificando aquele aprazível espaço e colocando-o ao serviço dos Utentes e da população em geral”, compromete-se o novo Provedor.

A tomada de posse está prevista para a primeira semana de janeiro.

Novos órgãos sociais da Santa Casa da Misericórdia da Sertã

ASSEMBLEIA GERAL

Presidente – Maria Lurdes Silva Teixeira Sequeira

Vice-Presidente – José Ferreira Pires Gestosa

Secretário – Fernando da Conceição Gaspar Silva

MESA  ADMINISTRATIVA

Provedor – Vitor Manuel Carmo Cavalheiro

Efetivo – Maria do Céu Cardoso Dias

Efetivo – João Paulo Alves Sequeira Teixeira

Efetivo – Marta Sofia Alves Dias Gato

Efetivo – José Nunes Alves

Suplente – Carminda Silva Carvalho

Suplente – Reinaldo Pestana Casimiro

Suplente – Aida da Silva Firmino Simões

CONSELHO FISCAL

Presidente – Maria Gracinda Lourenço Marçal

Vice-Presidente – José Anibal Caldeira

Secretário – Vitor dos Santos Marçal

Suplente – Jorge Manuel Farinha

Suplente – Vitor Manuel Viegas Domingos

Suplente – António Lourenço Lopes

José Gaio

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *