O material apreendido. Foto: GNR

Uma funcionária de um lar no concelho da Sertã é suspeita de ter utilizado o cartão bancário de um utente do lar onde trabalhava, para comprar um computador portátil e um telemóvel.

No dia 10 de novembro, o Comando Territorial de Castelo Branco, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da Sertã, apreendeu esse material eletrónico comprado com o dinheiro furtado.

Os militares da GNR, além de apreenderem os artigos adquiridos indevidamente, detiveram a mulher de 32 anos nesta investigação por furto qualificado.

A suspeita foi constituída arguida, e os factos foram remetidos para o Tribunal Judicial da Sertã.

José Gaio

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.