Câmara da Sertã. Foto: mediotejo.net

Chegaram a 17 de março ao concelho da Sertã duas mulheres e uma criança ucranianas, refugiadas da guerra no seu país, de onde saíram de autocarro uma semana antes. Foram recebidas pelo presidente da Câmara Municipal na sexta-feira, no Edifício dos Paços do Concelho.

Carlos Miranda deu as boas-vindas e mostrou-se convicto de que “irão sentir-se muito bem recebidos no concelho da Sertã, integrando-se facilmente na comunidade, onde terão certamente um futuro melhor.”

O acolhimento de refugiados ucranianos no concelho decorre da ação humanitária levada a cabo pelos 13 municípios da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo que, numa primeira fase, prevê o acolhimento de 150 refugiados.

O município da Sertã, à semelhança dos restantes municípios da CIM do Médio Tejo, anuncia que “irá implementar diversas medidas que garantam o acolhimento e a integração destes refugiados na comunidade”.

José Gaio

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.