Reunião da Câmara da Sertã. Foto: mediotejo.net

Por unanimidade, a Câmara da Sertã aprovou em reunião de executivo a proposta de reestruturação dos Serviços Municipais, assente num novo modelo, hierarquizado, de organização dos serviços, e com novas unidades orgânicas (departamentos, divisões, gabinetes, entre outros).

Conforme explicou o Presidente Carlos Miranda (PS), estão previstas no máximo 15 unidades orgânicas flexíveis, sendo cinco unidades de assessoria e apoio técnico (gabinetes), cinco unidades orgânicas para cargos de direção intermédia de 2º grau (divisões) e cinco unidades orgânicas para cargos de direção intermédia de 3º grau. Foram definidas ainda no máximo 35 subunidades orgânicas.

A proposta aprovada baliza a estrutura quanto ao número de unidades em termos genéricos, sendo que, antes do final do ano, juntamente com o orçamento, será apresentada a nova estrutura já definida por setores.

Seja como for, este processo terá ainda de passar pela Assembleia Municipal.

José Gaio

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *