Oleão instalado junto ao ecoponto. Foto: CMS

 A Câmara Municipal da Sertã ampliou e renovou a rede de equipamentos de recolha de Óleos Alimentares Usados  junto aos ecopontos, distribuídos por vários locais do concelho. Sem especificar a quantidade de oleões, a autarquia explica em nota de imprensa que “a iniciativa tem como objetivo incentivar a reciclagem dos referidos óleos que poderão ser transformados, posteriormente, em novos produtos como biodiesel, velas, sabão, entre outros”.

Num texto pedagógico, a Câmara refere que, para reciclar os Óleos Alimentares Usados, “deverão ser seguidos vários procedimentos, concretamente: depois de usar deverá deixar arrefecer o óleo que, depois de frio deverá ser colocado numa garrafa ou garrafão de plástico. Depois de cheio, o garrafão deverá ser bem fechado e colocado no oleão mais próximo. Refira-se que o óleo usado não deverá ser colocado em garrafas de vidro e não deverá ser depositado por vazamento direto. Não deverão ser depositados óleos e/ou lubrificantes de motores, margarina e manteiga”.

Entre as diversas vantagens para o ambiente, reciclagem de óleos contribui para a redução da carga poluente nas ETAR’s, valorização do óleo para a produção de biodiesel e redução de emissão de GEE (Gases de Efeito de Estufa) para a atmosfera.

José Gaio

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.