Chanfana de cabra velha. Alcaravela recebe a II edição da Chanfana n'Aldeia a 22 de maio. Foto: DR

A Associação Recreativa da Presa, em Alcaravela (Sardoal), organiza a 2.ª edição da “Chanfana n’Aldeia”, no âmbito das comemorações do seu 46º aniversário. O evento decorre no domingo, 22 de maio, a partir das 12h00, no pavilhão da coletividade.

A Chanfana integra as tradições gastronómicas de Alcaravela e como se sabe, à semelhança de receitas de outras regiões do país, trata-se de um prato cujo principal ingrediente é a carne de cabra velha, contudo diferenciando-se das demais graças aos segredos da cozinheira Bárbara Rodrigues, entre eles um raminho de ervas aromáticas que esconde de qualquer olhar que o tente adivinhar, habituada que está a cozinhar às centenas de quilogramas de Chanfana aquando das festas da Presa. Para o aniversário da Associação Recreativa da Presa falamos de 170 quilos.

“Há dois anos tivemos 297 pessoas e foram 170 quilos de cabra e mais de 30 quilos de carne de porco para o prato alternativo”, dá conta o presidente da direção da Associação Recreativa da Presa, Jorge Gaspar, que sublinhou a importância das inscrições serem realizadas até dia 15 de maio, período que findou e para o qual os interessados podem agora apenas esperar por alguma desistência de última hora ou solicitar o takeaway.

“A carne de 2019 para agora subiu 40%”, portanto, no sentido de uma melhor gestão, “não pode haver desperdício, não podemos correr o risco de encomendar 100 kg e depois sobrarem 30, é impensável para nós. O aniversário não é para dar lucro mas também não pode dar prejuízo”, nota. Além disso, “se encomendarmos com maior antecedência conseguimos a carne melhor e eventualmente um pouco mais barata”.

Jorge Gaspar

Trata-se, então, de um evento que, para além de celebrar o 46º aniversário, aposta no serviço de almoços, em que serão servidos dois pratos: a Chanfana e um outro alternativo para quem não aprecie a iguaria.

No serviço de mesa, as regras de segurança serão escrupulosamente respeitadas, tendo em conta ainda a pandemia de covid-19. A organização estabelece, por isso, um número máximo de 250 pessoas para almoço na sala, garantindo dessa forma as distâncias adequadas. Sendo que paralelamente, a organização disponibiliza serviço take-away.

Num momento em que os condicionalismos impostos pela pandemia já abrandaram “vamos ter todo o cuidado como se estivéssemos há dois meses, quer no serviço com máscara, quer no distanciamento das pessoas”, garante Jorge Gaspar dizendo ser “um restaurante bem comportado” no Pavilhão da Associação Recreativa da Presa.

O evento conta também com animação musical por Jorge Antunes e estará disponível um insuflável para que a alegria do aniversário também possa ser vivida pelas crianças. Às 15h00 serão cantados os parabéns à Associação e partido o bolo de aniversário.

“É um momento em que apelamos à participação dos sócios mas não queremos restringir. Nunca o fizemos e entendemos que não deve ser feito. É dos sócios mas também tem de ser uma festa. E a Associação é para a região não é só para os sócios”, acrescentou o responsável dando conta de uma expectativa de “grande afluência”.

Jorge Gaspar

Para tentar reservar/encomendar, pode escolher uma das seguintes formas: telefones 933517141 e 969517352, pelo email associacao.presa@sapo.pt ou ainda através do messenger a partir da página da rede social Facebook da Associação.

Paula Mourato

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.