Cinema. Foto: DR

O Centro Cultural Gil Vicente recebe “O Dia Mais Curto” do cinema esta quarta-feira, dia 19, na “Festa da Curta-Metragem”. A iniciativa realiza-se pela sexta vez consecutiva no concelho, que se junta a dezenas de países em todo o mundo, e a proposta “local” são “Curtas do Mundo”, a partir das 21:30.

A Agência da Curta-Metragem e o Cineclube Espalhafitas, da Associação Cultural Palha de Abrantes, organizam a sessão com filmes sobre diversas temáticas, que vão da relação da juventude com o mundo às questões de género, passando pelas relações laborais pós-modernas e a homogeneização cultural norte-americana nos subúrbios franceses.

O dia mais cinematográfico mais curto do ano inspira-se no solstício de inverno, a 21 de dezembro, que é, efetivamente, o dia mais curto do ano. A data deu o mote para o surgimento da iniciativa em França, em 2011, com o objetivo de promover as curtas-metragens através de sessões públicas gratuitas. A entrada, contudo, exige levantamento de bilhete.

Sónia Leitão

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.