Igreja do Seminário, em Santarém. Foto: DR

A Câmara de Santarém acionou medidas de prevenção face às temperaturas elevadas, tendo monumentos e igrejas abertos, com água gratuita, para abrigo de residentes e visitantes que circulem pelas ruas em horas de maior calor, anunciou hoje a autarquia.

O Serviço Municipal de Proteção Civil de Santarém, com a colaboração dos Bombeiros Sapadores, “está a disponibilizar, em todos os monumentos e igrejas, águas gratuitas para toda a população e visitantes que, durante as horas de maior calor, se queiram abrigar nestes locais”, lê-se numa nota da Câmara de Santarém.

A abertura destes espaços é uma das medidas previstas no Plano Municipal de Emergência e Proteção Civil perante as “temperaturas extremamente elevadas” que se fazem sentir, acima dos 40 graus centígrados, pois, “estes locais, pela sua particularidade de construção, tornam-se estruturas tipicamente frescas, podendo ser utilizados como locais de abrigo, para apoio à população e visitantes que circulem pela cidade”, acrescenta.

O presidente do município, Ricardo Gonçalves (PSD), apela, ainda, à população para que redobre os cuidados com a saúde, “começando pela hidratação”.

A nota lembra que, por decisão do Governo, foram ativados, desde as 00:00 de segunda-feira até às 24:00 de sexta-feira, todos os Planos Municipais de Emergência e Proteção Civil do país, devido à “situação de onda de calor extremo propício à ocorrência de incêndios rurais”.

“A Proteção Civil de Santarém recomenda, principalmente à população mais idosa, que nestes dias permaneça em casa nos períodos de maior calor, saindo somente se for estritamente necessário e contemplando sempre a sua hidratação de forma frequente”, afirma a nota.

Agência Lusa

Agência de Notícias de Portugal

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.