Construção de ponte militar em apoio à população de Foros do Mocho, Ponte de Sor. Créditos: CMPS

Depois dos trabalhos de preparação do terreno, construção de caminhos de acesso e plataformas de trabalho, iniciou-se na quarta-feira, 4 de janeiro, a montagem de uma ponte modular pelo Regimento de Engenharia nº 1, de Tancos, no âmbito do protocolo que o Município Ponte de Sor celebrou com o Exército Português, para a montagem de uma ponte militar sobre um dos afluentes da Albufeira de Montargil, em Foros do Mocho, na freguesia de Montargil.

Esta ação, com duração prevista de três dias, pretende criar condições para que a população da aldeia passe a dispor de um percurso alternativo temporário, que permitirá “um acesso mais rápido e seguro às localidades vizinhas, principalmente à vila de Montargil. Paralelamente, decorrem diligências no sentido de encontrar solução definitiva para a travessia daquela linha de água”, informa o Município de Ponte de Sor.

Construção de ponte militar em apoio à população de Foros do Mocho, Ponte de Sor. Créditos: CMPS

O Exército Português atua em proveito daquele Município do Alto Alentejo, com vista “à beneficiação das condições de vida e bem-estar das respetivas populações”, através da montagem de uma Ponte Militar BAILEY M2, com um comprimento total de 18,0 metros, acrescido de rampas de acesso, e de classe 40 toneladas, sobre um afluente da albufeira de Montargil, na localidade de Foros do Mocho, para garantir “a circulação durante a intervenção no troço de estrada em risco de colapso, sendo previsível que a mesma esteja em serviço por um período de um mês”, informa em nota de imprensa.

A operação de montagem da ponte militar compreende o empenhamento direto de um efetivo de 17 militares, 07 viaturas e 02 equipamentos de engenharia.

Na manhã desta quinta-feira, o executivo municipal visitou os trabalhos de montagem da ponte militar em Foros do Mocho, tendo sido recebidos pelo Comandante das Forças Terrestres do Exército – Tenente General Mendes Ferrão, no âmbito do referido protocolo no sentido de estabelecer um percurso alternativo temporário para Foros do Mocho.

Construção de ponte militar em apoio à população de Foros do Mocho, Ponte de Sor. Créditos: CMPS

A finalização da colocação da ponte militar está prevista para o dia de sexta-feira, 6 de janeiro.

A aldeia de Foros do Mocho encontra-se isolada desde que surgiu a limitação de trânsito na Estrada Municipal 1062 aquando da intempérie em meados de dezembro último.

A água provocou danos num pontão que está sobre as águas da barragem de Montargil, no final de um dos braços da albufeira, isolando a povoação.

A construção de um desvio numa estrada de terra batida e o recurso a uma ponte militar para criar um caminho alternativo foi a solução adotada, tal como disse o coordenador Municipal da Proteção Civil de Ponte de Sor, Simão Velez, ao nosso jornal.

Paula Mourato

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *