Ouriense empata com Benfica B em jogo de preparação para a Liga BPI. Foto: Pedro Nasper

O Clube Atlético (CA) Ouriense empatou 2-2 com o Benfica B, em jogo de apresentação aos sócios e de preparação para o campeonato nacional da primeira divisão de futebol feminino. A equipa orientada por César Matias, que esteve a vencer por 1-0 ao intervalo, deu boa conta de si em vésperas do início dos jogos oficiais. Este domingo, dia 3 de setembro, o Ouriense joga em Albergaria a 1ª mão da Taça da Liga.

O Ouriense adiantou-se no marcador por intermédio de Margarida Caniço, com o resultado ao intervalo favorável ao clube de Ourém por 1-0. Com as mexidas na equipa na segunda metade e a rodagem das jogadoras em jogo de apresentação, a equipa do Benfica B daria a volta ao resultado, tendo Lorena Santana marcado ainda para o Ouriense e estabelecido o resultado final em 2-2.

O treinador César Matias, que vai continuar a orientar a equipa esta época, fala num conjunto “muito jovem, mas com muita qualidade”, num plantel que ainda não está fechado e que quer reforçar com duas ou três jogadoras mais experientes, nomeadamente para o ataque e para o eixo da defesa.

O objetivo é formar um plantel com 22 a 24 jogadoras, incluindo quatro atletas do escalão de juniores.

Plantel, equipa técnica do CA Ouriense no jogo de apresentação frente ao Benfica B. Foto: Pedro Nasper

Equipa inicial do CA Ouriense: Ana Rita, Susana Silva, Kelli, Godoy, Paulinha, Seiça, Mairos, Letícia, Jeka, Lorena e Caniço. Suplentes: Ana Alves (GR), Serrano, Vital, Lícia, Daniela, Beatriz, Manu, e Angelina.

Equipa técnica: Treinador Principal: César Matias; Treinadores adjuntos: Anderson Dantas, Cláudio Gomes; Treinador de Guarda Redes: Tiago Amado; Fisioterapeuta: David Neves.

O técnico fala num campeonato “muito competitivo” mas também “muito desigual”, em termos de plantéis e de orçamentos, tendo feito notar que haverá três ou quatro equipas a lutar pelo título de campeão – Benfica, Sporting, Braga e Famalicão -, e que, depois há as outras, que lutam pela manutenção na Liga BPI, e onde se insere o Ouriense, que quer alcançar o objetivo da permanência o mais cedo possível.

César Matias, treinador do Ouriense. Foto: Pedro Nasper

ÁUDIO | CÉSAR MATIAS, TREINADOR DO CA OURIENSE:

O Ouriense joga com o Albergaria a continuidade na Taça da Liga em eliminatória a duas mãos ( 3 e 10 de setembro) e recebe o mesmo Albergaria na 1ª jornada da Liga BPI, a 16 de setembro, ditou o sorteio do principal campeonato de futebol feminino. Disputado por 12 equipas, o clube de Ourém joga a 2ª jornada em Famalicão (vencedor da Taça de Portugal) e recebe o Benfica, atual campeão nacional, na 3ª jornada.

Ainda na primeira volta, o CA Ouriense recebe o Sporting CP à 10.ª jornada, no dia 6 de janeiro de 2024. O sorteio da Liga BPI 2023/2024 realizou-se no Estádio do Bessa XXI, no Porto. Desta forma, as 12 formações participantes ficaram a conhecer o calendário para toda a temporada. (ver AQUI).

O Ouriense parte para mais uma época em que o objetivo é claro e passa pela permanência na primeira divisão nacional, como referiu ao mediotejo.net o presidente da direção, José Luís Ferreira, dando conta das dificuldades financeiras para conseguir ombrear com as demais equipas da Liga BPI.

José Luís Ferreira, presidente da direção do CA Ouriense. Foto: Pedro Nasper

ÁUDIO | JOSÉ LUÍS FERREIRA, PRESIDENTE DO CA OURIENSE:

Num campeonato a 12 equipas, disputado a duas voltas e cada vez mais competitivo, apenas o último classificado tem descida direta à 2ª divisão nacional, com o penúltimo da tabela a disputar um playoff de manutenção. Confira AQUI o formato da prova.    

Ouriense recebe o Albergaria no arranque da Liga BPI. Foto arquivo: FPF

Benfica inicia liga feminina frente ao Torreense e defronta Sporting à oitava ronda

O Benfica, tricampeão nacional, inicia a campanha na edição de 2023/2024 da Liga feminina de futebol contra o Torreense, com as ‘águias’ a disputarem o dérbi lisboeta frente ao Sporting na oitava ronda.

O pontapé de saída da competição está marcado para 16 de setembro, numa jornada inaugural que verá, além da deslocação das ‘encarnadas’ a Torres Vedras, as ‘leoas’ a receberem o Länk Vilaverdense, sexto classificado da última edição.

Ao longo da primeira ronda, ainda haverá espaço para o Sporting de Braga defrontar o Valadares Gaia e o vencedor em título da Taça de Portugal, o Famalicão, encontrar o Marítimo.

O primeiro confronto entre Benfica e Sporting decorrerá apenas à oitava jornada, prevista para 25 de novembro, uma após as campeãs encontrarem o Sporting de Braga, com o dérbi a ser depois reincidido à 19.ª jornada, desta feita em casa da formação ‘verde e branca’.

O Sporting de Braga, terceiro classificado da última edição e vencedor em 2018/2019, terá o objetivo de voltar a intrometer-se nos lugares cimeiros, e, para tal, os duelos frente aos ‘grandes’ Sporting e Benfica, agendados para a quarta e sétima jornada, respetivamente, terão um papel importante nas aspirações bracarenses.

Na jornada do encerramento, previsto para 12 de maio, que poderá decidir as contas do campeonato, quer ao nível de definição do campeão como da luta pela manutenção no principal escalão, o Benfica defrontará o recém-promovido Racing Power e o Sporting encontra o Damaiense.

Com a conquista do título na época passada, o Benfica somou o terceiro título do seu palmarés, todos conseguidos de forma consecutiva, suplantando o Sporting na modalidade em que o 1.º Dezembro lidera, com 12 conquistas, mais uma do que o Boavista.

O Ouriense recebe o Albergaria na 1ª jornada da Liga BPI. Foto arquivo: Pedro Pereira/mediotejo.net

Eis o Calendário da primeira volta da Liga BPI de 2023/2024:

1.ª jornada – 16 de setembro de 2023

Sporting CP-Lank Vilaverdense
SC Braga-Valadares Gaia FC
SF Damaiense-Racing Power FC
CA Ouriense-Clube Albergaria
CS Marítimo-FC Famalicão
SCU Torreense-SL Benfica

2.ª jornada
1 de outubro de 2023

Lank Vilaverdense-SCU Torreense
Valadares Gaia FC-Sporting CP
Racing Power FC-SC Braga
Clube Albrgaria-SF Damaiense
FC Famalicão-CA Ouriense
SL Benfica-CS Marítimo

3.ª jornada
8 de outubro de 2023

Lank Vilaverdense-Valadares Gaia FC
Sporting CP-Racing Power FC
SC Braga-Clube Albergaria
SF Damaiense-FC Famalicão
CA Ouriense-SL Benfica
SCU Torreense-CS Marítimo

4.ª jornada
15 de outubro de 2023

SC Braga-Sporting CP
SF Damaiense-Lank Vilaverdense
CA Ouriense-Valadares Gaia FC
CS Marítimo-Racing Power FC
SL Benfica-Clube Albergaria
SCU Torreense-FC Famalicão

5.ª jornada
21 de outubro de 2023

Sporting CP-SCU Torreense
Lank Vilaverdense-SC Braga
Valadares Gaia FC-SF Damaiense
Racing Power FC-CA Ouriense
Clube Albergaria-CS Marítimo
FC Famalicão-SL Benfica

6.ª jornada
11 de novembro de 2023

Valadares Gaia FC-SCU Torreense
Racing Power FC-Lank Vilaverdense
Clube Albergaria-Sporting CP
FC Famalicão-SC Braga
SL Benfica-SF Damaiense
CS Marítimo-CA Ouriense

7.ª jornada
19 de novembro de 2023

Valadares Gaia FC-Racing Power FC
Lank Vilaverdense-Clube Albergaria
Sporting CP-FC Famalicão
SC Braga-SL Benfica
SF Damaiense-CS Marítimo
SCU Torreense-CA Ouriense

8.ª jornada
25 de novembro de 2023

Racing Power FC-SCU Torreense
Clube Albergaria-Valadares Gaia FC
FC Famalicão-Lank Vilaverdense
SL Benfica-Sporting CP
CS Marítimo-SC Braga
CA Ouriense-SF Damaiense

9.ª jornada
17 de dezembro de 2023

Racing Power FC-Clube Albergaria
Valadares Gaia FC-FC Famalicão
Lank Vilaverdense-SL Benfica
Sporting CP-CS Marítimo
SC Braga-CA Ouriense
SCU Torreense-SF Damaiense

10.ª jornada
6 de janeiro de 2024

SCU Torreense-Clube Albergaria
FC Famalicão-Racing Power FC
SL Benfica-Valadares Gaia FC
CS Marítimo-Lank Vilaverdense
CA Ouriense-Sporting CP
SF Damaiense-SC Braga

11.ª jornada
14 de janeiro de 2024

Clube Albergaria-FC Famalicão
Racing Power FC-SL Benfica
Valadares Gaia FC-CS Marítimo
Lank Vilaverdense-CA Ouriense
Sporting CP-SF Damaiense
SC Braga-SCU Torreense

c/LUSA

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *