Prémio de grupo "mais criativo" foi para a Escola Básica e Secundária de Ourém , com a recriação do Carnaval de Veneza, num apelo à sustentabilidade ambiental Foto: CM Ourém

As ruas de Ourém encheram este domingo, 23 de fevereiro, para assistir ao regresso do desfile de Carnaval de Ourém, uma tradição municipal que tem tido avanços e recuos ao longo dos anos e já não ocorria desde os tempos da crise. O município atribuiu três prémios, destacando-se o “mais criativo” da Escola Básica e Secundária de Ourém, pela sua recriação do Carnaval de Veneza com fatos em materiais reciclados, num apelo à sustentabilidade ambiental.

Depois do corso carnavalesco ter percorrido as ruas de Ourém, animando a multidão, a entrega de prémios decorreu ao fim da tarde no Centro Municipal de Exposições. O município definiu três prémios a entregar, todos no valor de 400 euros.

A União Desportiva e Cultural de Alqueidão e a sua recriação d’ Os Flinstones arrebatou o prémio para o “Grupo Mais Animado”, a Escola Básica e Secundária de Ourém levou o galardão na qualidade de “Grupo Mais Criativo”, através da sua recriação do Carnaval de Veneza, e a Casinha dos Doces rendeu ao Centro Social de Matas o prémio na categoria de “Grupo Mais Colorido”.

Depois do corso carnavalesco ter percorrido as ruas de Ourém, animando a multidão, a entrega de prémios decorreu ao fim da tarde no Centro Municipal de Exposições. O município definiu três prémios a entregar, todos no valor de 400 euros.

Flinstones foram o grupo “mais animado” Foto: CM Ourém

O presidente da Câmara de Ourém, Luís Albuquerque, agradeceu “a todos os que ajudaram a fazer do regresso do Carnaval em Ourém um verdadeiro sucesso”, vincando “uma palavra especial às doze associações inscritas no Cortejo, assim como aos milhares de pessoas que encheram as ruas da cidade” para verem passar o Corso.

Casinha dos Doces do Centro Social de Matas foi o grupo mais colorido Foto: CM Ourém

O autarca convidou ainda a população a aderir aos próximos grandes eventos agendados para o nosso concelho, como o Rally Vila Medieval de Ourém, a Via Sacra ao Vivo na Vila Medieval e a FeirOurém’2020.

Cláudia Gameiro

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.